APREENSÃO DE CONHECIMENTO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DE UMA METODOLOGIA LÚDICO-PARTICIPATIVA

  • Gabrielle Souza de Araujo
  • Maria Eugênia Totti
  • Luís Eduardo Nogueira
  • Felipe Amaral de Vasconcelos
  • Irene Farah
Palavras-chave: Educação ambiental, Metodologia lúdico-participativa.

Resumo

Um trabalho voltado para a educação ambiental deve começar por um diagnóstico a respeito das referências e das práticas das pessoas para as quais o trabalho se volta e envolve o desenvolvimento da cognição ambiental,(BASSANI, 2001). O objetivo desse trabalho é descrever como a metodologia faz com que o conteúdo a ser passado para crianças do 1° ao 4° ano do ensino 1° ao 4° ano do ensino fundamental seja fixado, a curto e a llongo prazo. O público alvo dessa ação voltada para a educação ambiental é constituído por alunos do 1° ao 4° ano do ensino fundamental da Escola Municipal Francisco de Assis, localizada próximo ao Rio Paraíba do Sul (RPS) em Campos dos Goytacazes. Será utilizada a metodologia lúdico-participativa, onde os alunos irão participar ativamente do processo de aprendizado: teatro de fantoches e saídas de campo, realizando vivência prática. Um primeiro questionário será aplicado a fim de avaliar a percepção dos alunos sobre o RPS (Ambiente Impactado). Os alunos farão uma saída de campo para este mesmo lugar, onde receberão conteúdo básico e prático sobre o ecossistema e onde serão trabalhados conceitos rela Resultados esperados Levar às crianças uma sensibilização ambiental e fazer com que o conteúdo passado seja, a longo prazo, fixado, fazendo com que esses alunos possam atuar como agentes multiplicadores na escola e em suas comunidades. Ainda não conclui a pesquisa.
Publicado
14-05-2013