CARACTERIZAÇÃO DE AGREGADOS PROTÉICOS EM ESPERMATOZÓIDES EPIDIDIMÁRIOS DE EQÜINOS (EQUUS CABALLUS)

  • Daniele das Graças dos Santos
  • Glauber Monteiro dias
  • Maria Luisa López
  • Claudio A. Retamal
Palavras-chave: Espermatozóides, Maturação espermática, Agregados protéicos

Resumo

As proteínas são macromoléculas conformacionalmente dinâmicas as quais podem adaptar-se, evoluir e desenvolver, em seqüência, novas funções e estruturas. Estas moléculas tendem a se agregar sob uma diversidade de condições ambientais. Trabalhos prévios de nossa equipe têm demonstrado diferenças no perfil eletroforético de espermatozóides imaturos e maduros de eqüinos. Algumas destas proteínas estão formando agregados transitórios, entre elas ou com seus substratos, inibidores ou ativadores. O ob Proteínas extraídas por sonicação em tampão (Tris-HCl 20mM/EDTA 1mM) de espermatozóides (SPTZ) coletados das regiões de cabeça e cauda epididimária, foram submetidas à uma Cromatografia de Exclusão por Tamanho Molecular (SEC) em HPLC, com tampão fosfato de sódio 0,05M/150 mM de NaCl/ pH 7,1 como fase móvel. As frações coletadas foram concentradas, dessalinizadas e analisadas por SDS-PAGE, native-PAGE, Blue-Native-PAGE, eletroforese bidimensional nativo-desnaturante e 2D-PAGE. As cromatografias (SEC) revelaram ? nos perfis cromatográficos, que assinalam a presença de um pico principal aos 15 min de eluição nas amostras de SPTZs maturos, obtidos da região da cauda epididimária, o que não foi observado nos SPTZs imaturos obtidos da região da cabeça do epidídimo. A eletroforese nativa desse pico evidencia uma grande mancha retida no inicio do gel e também no gel concentrador, já em SDS-PAGE essa estrutura é separada em bandas distribuídas por uma ampla faixa de massas moleculares demonstrando ser um agregado protéico. O que foi confirmado nos géis 2D Nativo-SDS. 2D-PAGE demonstraram que esses agregados são constituídos por pelo menos 100 diferentes polipeptídios. Foi verificada a presença de agregados protéicos em amostras de espermatozóides maturos coletados da cauda epididimária os quais parecem surgir durante o processo de maturação espermática. Esses complexos interagem possivelmente por interações de tipo covalentes e não covalentes.
Publicado
14-05-2013