CRESCIMENTO DE YARROWIA LIPOLYTICA EM BIORREATOR ASSISTIDO POR CAMPO MAGNÉTICO USANDO GLICEROL COMO SUBSTRATO

  • Evelin de Jesus Barcelos Inocêncio
  • Geraldo Ferreira David
  • Samyra Imad da Silva Boeno
  • Victor Haber Perez
Palavras-chave: Glicerol, Fermentação, Y. lipolytica

Resumo

Dado os altos volumes de glicerol gerados de biodiesel, os quais giram em torno de 10% da sua produção total, atualmente existe uma intensa atividade de pesquisa na busca por alternativas tecnológicas para este subproduto. Neste contexto, o presente trabalho teve como foco estudar a fermentação da Y. lipolytica usando glicerol como substrato em biorreator assistido por campo eletromagnético visando à produção de biocatalisadores(whole cells) e/ou de proteína microbiana (Single cell protein-SCP). Y. lipolytica (NRRL-Y 1095) foi obtida da Fundação Tropical de Pesquisa e Tecnologia, Campinas, Brasil. Os experimentos foram conduzidos em um fermentador assistido por campo eletromagnético contendo 500 mL do meio de cultura (2% óleo de oliva; 0,05 % MgSO4; 0,2% K2HPO4; 6,0 % extrato de levedura e 1% glicerol) o inoculado com 106 células/mL, à temperatura de 28ºC por 24 horas e agitação com ar sintético, mudando a intensidade do campo eletromagnético de 2,356 a 23,560 mT e diferentes configurações de voltas do sistema de reciclo. A atividade enzimática foi determinada pelo método de hidrólise do azeite de oliva e a proteína bruta pelo método KIJELDAHL. Os resultados mostraram que ambos, inibição e/ou estimulação do crescimento celular foram observados em função das condições de campo estudadas. Entretanto, em alguns casos as condições que favoreceram a produção de lipase foram diferentes de aquelas que estimularam o crescimento celular, uma vez que os melhores resultados foram observados a 2,35 mT no sistema com uma volta para a produção de lipase a despeito de 14,136 mT para crescimento celular no sistema de reciclo com 4 voltas, respectivamente. Finalmente, os níveis de proteína bruta da biomassa, alcançaram valores superiores a 10% apenas para intensidades de campo em torno de 9,4 mT. Os resultados são animadores na expectativa de desenvolver uma nova tecnologia para a produção integrada de biodiesel usando o glicerol como substrato para a produção de produtos de valor agregado como whole cells e/ou SCP. Porém, estudos futuros deverão avaliar a viabilidade desta proposta.
Publicado
21-05-2013