APLICAÇÕES POR RFID (RADIO FREQUENCY IDENTIFICATION)

  • Cássia Rackel Mendonça da Silva
  • Sérgio Inácio da Rosa
Palavras-chave: RFID, Sistema de Identificação, Possibilidades de Aplicações

Resumo

RFID é um sistema de identificação automático através de indução de ondas eletromagnéticas que está cada vez mais presente no dia-a-dia. A partir de pesquisas são apresentadas possibilidades de aplicações desse sistema. As tags (etiquetas de RFID) conhecidas popularmente como “chips de computador” ou “código de barras eletrônico” não exigem contato visual, possuem um código único e podem ser reutilizadas permitindo assim um melhor gerenciamento de suas informações além de outras vantagens. Foram realizadas pesquisas em livros e na internet sobre as aplicações existentes em diversas áreas e experiências laboratoriais possibilitaram a análise do funcionamento do sistema RFID. Para isso, foi utilizado um Kit de RFID composto por tags de diversos formatos (cartões, chaveiros, etiquetas e pulseiras), transceiver (leitor com antena) e computador com software específico que possui funções de leitura e (re)escrita das informações contida na tag. Esse kit trabalha na frequência Mifare (13,56MHz). Mas a tecnologia funciona na frequência de 30KHz a 5,8GHz e dessa forma a distância de leitura varia de alguns centímetros até alguns quilômetros possibilitando assim diversas aplicações. As categorias que são suficientes para fornecer algum sentido sobre aplicações RFID são: controle de acesso; identificar e enviar; pallets e caixas; registrar e rastrear; prateleira inteligente. Nas experiências foi comprovado que o RFID possui inúmeras vantagens: faz leitura das informações sem a necessidade de contato físico; é capaz de armazenar uma grande quantidade de dados; o tamanho reduzido da tag permite que seja integrada até mesmo dentro de embalagem de produtos; melhor gerenciamento nos processos; localização em tempo real da tag; se houver manutenção o gasto é mínimo, pois existe o reaproveitamento e possibilidade de acréscimo de informação das etiquetas. Usando RFID é possível (com agilidade e segurança): automatizar tarefas; identificar e gerenciar itens; melhorar o controle de acesso. RFID pode ser usado praticamente em todos os setores onde um sistema de identificação for necessário e provavelmente no futuro existirão mais diversas aplicações.
Publicado
24-05-2013