O ENSINO DE BIOLOGIA: O VÍDEO COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA

  • Luciana de Abreu Rocha
  • Joelma Conceição Severo Xavier
  • Marlúcia Cereja Alencar
Palavras-chave: Ensino de Biologia, Vídeos, Roteiros

Resumo

Este projeto tem como finalidade selecionar vídeos, elaborar roteiros de discussão, que contribuam com o processo de ensino-aprendizagem mais dinâmico e participativo na área de Biologia. Com isso pretende-se construir um acervo fílmico, que irá compor a experimentoteca do IFF/Campos. A pesquisa envolve: elaboração de questionários, aplicação e análise dos dados; seleção de vídeos, elaboração do roteiro de discussão; e validação da utilização dos vídeos acompanhados dos roteiros em sala de aula. Foi realizado um levantamento na Coordenadoria de Ensino que apresentou uma listagem de 35 escolas de ensino médio neste município, foram selecionadas de forma aleatória 12 escolas estaduais localizadas no centro da cidade e em bairros adjacentes. Nessas escolas foram aplicados 24 questionários aos professores de Biologia. Os questionários foram organizados contendo perguntas fechadas e abertas agrupadas em relação: tempo de magistério; utilização de vídeo; conteúdos explorados; dificuldades encontradas. Com a finalidade de subsidiar a seleção dos vídeos e a elaboração dos roteiros de discussão. Os dados foram organizados e analisados utilizando a metodologia quantitativa e qualitativa. Dos professores entrevistados 96% utilizam o vídeo em sala de aula, porém apontaram como principal dificuldade à falta de tempo para preparar aulas que utilizem o vídeo. E todos afirmaram a importância da utilização do vídeo nas aulas, auxiliando no aprendizado. Sobre as fontes de vídeos, 35% corresponde a videoteca e 26% o YouTube. Estes 35% colaboram com a baixa freqüência de utilização: 44% a casa mês e 30% raramente, pois a videoteca, não disponibiliza os conteúdos relatados como de difícil entendimento, que são: Divisão Celular, Síntese de proteínas, evolução das espécies, genética, fotossíntese, Glicólise, Ciclo de Krebs, Ecologia, Reino Plantae, Reino Animália, citologia, embriologia Conclui-se que os professores reconhecem a importância do vídeo no ensino de biologia. Mas dificuldades foram reveladas, como a seleção de vídeos para determinados conteúdos. Assim, disponibilizar vídeos que contemplam esses conteúdos com roteiros de discussão contribui com a prática pedagógica.
Publicado
06-06-2013