INTEGRAÇÃO DE UM MODELO DE SIMULAÇÃO COM SISTEMAS DE CONTROLE OFFLINE

  • Amanda Arêas de Souza
  • Patrick Júnior Teixeira Bastos
  • João José de Assis Rangel
  • Érico Carvalho Júnior
Palavras-chave: Simulação, Sistemas de Controle, CLP

Resumo

No passado, com as limitações de softwares e hardwares, os testes relacionados ao funcionamento de um sistema apenas eram realizados após a construção do projeto em sistemas reais. Atualmente, a simulação computacional tem o propósito de entender o comportamento e avaliar estratégias para a operação de sistemas que ainda não existem. O presente projeto tem como objetivo apresentar e avaliar a integração de um modelo de simulação com um sistema de controle, utilizando controladores digitais. Primeiramente, o projeto teve como objetivo desenvolver um mecanismo de integração do modelo de simulação com um sistema de controle, que é realizado a partir do software ARENA e de Controladores Lógicos Programáveis (CLP). Atualmente segue a fase de testes de diversos sistemas de controle integrados à simulação. Um desses testes foi projetado com base em um sistema industrial controlado por um CLP, que tem como objetivo transportar caixas desde o cais de entrada até elevadores, separando-as por altura. Sensores e atuadores permitem que, a partir da esteira inicial, as caixas sejam separadas para a direita ou esquerda por uma mesa rotativa. Os sensores são representados como entradas no CLP. Os testes com o mecanismo para integração de modelos de simulação com sistemas de controle se mostraram eficientes e atenderam aos objetivos propostos, sendo possível a realização da simulação de diversos sistemas de controle. Vale comentar que, no projeto industrial de transporte de caixas, a simulação permitiu verificar se o posicionamento dos sensores sobre as esteiras estava adequado, já que nas primeiras avaliações do projeto alguns problemas foram detectados. Deste modo, a simulação evitou falhas no sistema real e ainda promoveu um melhor entendimento do sistema. Por fim, é importante ressaltar que, com o modelo real sendo simulado virtualmente, é possível detectar falhas em um sistema real sem desperdiçar tempo e custos, propiciando ganhos de qualidade e produtividade.
Publicado
06-06-2013