A PESQUISA NO ENSINO DE TERMODINÂMICA: ESTUDO DE CASO DO NÚCLEO DE ESTUDOS EM FÍSICA DO INSTITUTO FEDERAL FLUMINENSE.

  • Layzza Tardin da Silva
  • Renata Barreto
  • Rodrigo Garrett da Costa
Palavras-chave: Termodinâmica, ensino de ciências

Resumo

A sala de aula não é o único, nem tão pouco o melhor lugar para a compreensão dos conteúdos e da formação do senso crítico (Brandão, 1995). Nesse sentido, os núcleos de pesquisas surgem de forma decisiva para a complementação da formação do universitário, representando a possibilidade de um local para a discussão de novos métodos e conhecimentos, além de serem úteis para o processo de ensino-aprendizagem dos alunos e até mesmo dos professores que o compõe. Este estudo contempla a linha Ensino de Físico-Química tendo como tema a História da ciência e ensino de termodinâmica: uma aproximação entre a química, a física, a engenharia e a filosofia; apresentando sua estrutura e a organização, esclarecendo sobre a viabilidade de se trabalhar com a pesquisa na graduação dentro dos núcleos A pesquisa iniciou-se a partir da história da termodinâmica, desde a filosofia Grega até as últimas descobertas, elaboradas pelos cientistas do século XX. Após essa analise, percebeu-se a necessidade de aprofundamento nas teorias dos cientistas deste período, e como elas eram elaboradas dando uma atenção as crises paradigmáticas. No decorrer da pesquisa, percebemos que o graduando necessita de uma visão crítica, com uma familiarização da escrita científica,despertando o interesse pela especialização. Os argumentos apresentados tornam-se favoráveis para o graduando ter sucesso na continuação dos estudos, como por exemplo, um mestrado ou doutorado. Assim, o mesmo aprenderia na graduação tendo melhor distinção de qual material seria possível confiar para embasar a sua pesquisa.Neste contexto, percebemos alguns contra pontos da pesquisa do NEFIS como a desarticulação das linhas de pesquisa, devido ao desencontro dos coordenadores nas respectivas reuniões entre as linhas de pesquisa o que poderia enriquecer as discussões. A pesquisa favorece ao educando a ter domínio dos conteúdos e, consequentemente a instituição a formar um profissional mais capacitado valorizando o nome da mesma. Devido a esses pontos é possível reconhecer o valor dos núcleos de pesquisa principalmente no IFF, onde nossa pesquisa se aprofunda.
Publicado
21-06-2013