Teoria democrática: soberania popular, representação e participação

  • Gisele dos Reis

Resumo

Local: UFFEste curso pretende abordar a teoria clássica sobre democracia, através do conceito de Rousseau de soberania popular, presente na idéia de vontade geral. A partir desta discussão, será trabalhada a configuração da democracia  na sociedade moderna, a partir das teorias políticas representantes do realismo político. A teoria das elites se propõe a criticar o conceito de soberania popular, apresentando a democracia como circulação de elites no poder. Autores como Pareto, Michels, Mosca e Shumpeter são os principais representantes dessa corrente. O afastamento dos líderes dos liderados surge na década de 80 como um problema: se antes a pouca participação da sociedade nos assuntos público passa a ser estimulada teoricamente, e presente nos novos modelos de governança. A partir daí, a participação direta é de certa forma resgatada, como complemento da democracia representativa.