Assistência Social e Trabalho: desafios e perpectivas do SUAS

  • Érica Almeida

Resumo

Local: UFFReconhecida como Política Pública de Seguridade Social pela CF de 1988, a Assistência Social no Brasil passa a integrar o sistema de proteção social brasileiro, responsabilizando-se pelos seguimentos mais vulnerabilizados da população, em sua maioria, trabalhadores precarizados e desempregados e suas respectivas famílias. No entanto, ainda que a aprovação da LOAS em 1993 e a aprovação do Sistema único de Assistência Social /SUAS, em 2004, constituam importantes avanços na consolidação da Assistência Social como política Pública avesa ao clientelismo e ao assistencial, são inúmeros os desafios postos à Assistência Social como política de enfrentamento à pobreza e às demais sequelas da questão social contemporânea, agravada pelo desemprego de longo prazo e pelo crescimento das diferentes formas de precarização do trabalho e ainda, pela crescente mercantilização dos direitos sociais, principal subproduto da hegemonia neoliberal no Brasil. Nessa perspectiva, este mini-curso pretende discutir os limites e as possibilades desta política, sobretudo no que se refere à construção da autonomia e do protagonismo daqueles para os quais ela se destina - os trabalhores pauperizados
Publicado
22-11-2010