A INFLUÊNCIA DA ACURÁCIA NA DETERMINAÇÃO DE LOTE MÍNIMO EMPREGADO NA DETERMINAÇÃO DE PARÂMETROS DE WEIBULL'

  • Deivison Carlos Fontes Hespanhol
  • Eduardo Atem de Carvalho
Palavras-chave: Weibull, lotes mínimos

Resumo

A distribuição de Weibull é muito utilizada em processos que envolvam falha de materiais ao longo do tempo. O presente trabalho visa determinar o número mínimo de unidades em um lote, para que apresente valores satisfatórios dos parâmetros que compõem a distribuição dentro de faixas de acurácia pré-estabelecidas. Os métodos envolvidos para determinar os parâmetros serão: o método gráfico e o método da máxima verossemelhança. De posse de um lote de 71 unidades de material cerâmico, foi feito testes para obter a tensão de ruptura do material. Este lote foi subdividido em 23 partes iniciando com 5 unidades e seguindo aumentado em 3 unidades. Os parâmetros da distribuição foram calculados para todos os lotes através de software especializado. Então, foram feitos gráficos de unidades por lote x parâmetro em questão, tendo a média como o valor do parâmetro no maior lote. Feito isso verificou-se o lote mínimo dentro das faixas de acurácia pré-estabelecidas e foi montado um outro gráfico mostrando como o valor mínimo de um lote varia de acordo com o aumento da acurácia. Analisando o gráfico que relaciona lote mínimo com a acurácia verificamos que: Para os valores de , a partir de 5 % o valor para o lote mínimo se estabiliza em torno de 23 amostras, tanto para os dados obtidos pelo método gráfico quanto pelo método de máxima verossemelhança. Já para os valores de , o que podemos afirmar é que para o método de máxima verossemelhança ele começa a se estabilizar a partir de 8 % de acurácia, com um lote de 35 amostras. No método gráfico o parâmetro em questão não apresenta estabilidade dentro do número de amostras analisadas. Até o momento podemos concluir que um lote com 23 amostras nos fornece um valor confiável para o parâmetro obtido pelos dois métodos utilizados, numa acurácia de 5%. Para o parâmetro os valores obtidos pelo método de máxima verossemelhança estabilizam a partir de 8%, com um lote de 35 amostras. O método gráfico não apresenta estabilidade dentro dos sub-lotes estudados.