ALCALÓIDES E ESTERÓIDES ISOLADOS DE Ravenia infelix (RUTACEAE)

  • Jessica Rohem Gualberto
  • Ivo José Curcino Vieira
  • Raimundo Braz Filho
Palavras-chave: Ravenia, Alcalóides, Esteróides

Resumo

A família Rutaceae inclui cerca de 150 gêneros com mais de 1500 espécies largamente distribuídas pelas regiões tropicais e temperadas e todo o mundo. Ela tem se destacado pelo  fornecimento de vários metabólitos secunários, o que tem atraído a atenção de vários grupos de pesquisadores devido a importância química, biológica e quimiossistemática desses metabólitos.O gênero Ravenia pertence à tribo Cusparieae e sub-tribo Cuspariinae e é composto de quatro espécies.A coleta do material botânico (folhas e caule de Ravenia infelix) foi realizada no mês de novembro de 2006 em Linhares (ES). O material foi seco a temperatura ambiente, reduzido a pó e submetido a três extrações a frio com hexano, seguido de três extrações a frio com metanol. As soluções obtidas foram concentradas à pressão reduzida. O extrato hexanico foi fracionado através de métodos clássicos de cromatografia (cromatografia em coluna e cromatografia em camada delgada preparativa em gel de sílica). Os processos de cromatografia realizados com o extrato hexanico do caule proporcionou o isolamento de esteróides do tipo sitosterol e estigmasterol além de dois tipos de alcalóides que ainda não foram totalmente identificados. O presente trabalhocontinua em andamento e já possui outras substâncias isoladas que ainda não foram identificadas sendo, portanto de grande relevância para a composição química da espécie e do gênero.