ALPHA-GLUCOSIDASE DO INTESTINO MÉDIO DE Aedes aegypti E SUA ATIVIDADE DE AGREGAÇÃO DE HEME

  • Magda Delorence Lugon
  • Flávia Borges Mury
  • Marilvia Dansa de Alencar Petretski
Palavras-chave: Heme, a-glucosidase, Aedes aegypti

Resumo

Em Rhodnius prolixus, uma alpha-glucosidase da membrana perimicrovilar parece estar envolvida na formação de Hemozoína (Hz) que, neste inseto, ocorre em pH ácido. Em  Ae. aegypti a detoxificação de heme é realizada por sua associação à matriz peritrófica, formando também agregados, embora o pH do intestino médio de Ae. aegypti seja básico. Este trabalho tem por objetivo investigar se a a-glucosidase de Ae. aegypti apresenta atividade de agregação de heme in vitro e se esta atividade é dependente de pH. Foram utilizados epitélios intestinais de fêmeas de Ae. aegypti 24 h após alimentação, para a extração de proteína, utilizando-se tampão Tris-HCl 20 mM, imidazol 5 mM, PMSF 1 mM, benzamidina 1 mM e NP-40 0.1 %, pH 7.4. Para o ensaio de agregação de heme, o extrato proteico (12 ?g) foi incubado em acetato de sódio pH 4,8, hemina 10 mM, por 24 h a 28 ºC. Os agregados formados foram analisados por FTIR ou submetidos à extração de Hz pela adição de NaOH 0,1 N e posterior leitura da absorbância a 400 nm. Para verificar em que pH ocorre a atividade de agregação de heme foi realizado o mesmo ensaio em pHs 3,0 a 9,0. Foi possível observar que a formação dos agregados ocorreu principalmente em pHs ácidos, com pico em pH 4,5, mostrando que este processo possivelmente não ocorre no pH do trato digestivo desses insetos. Em estudos prévios realizados pelo nosso grupo verificou-se que o Tris 100 mM é um inibidor da -glucosidase. Dessa forma, utilizando Tris, constatamos que tanto a atividade de -glucosidase como atividade de agregação de heme foram inibidas em Ae. Aegypti, na concentração de 100 mM, mas não de 20 mM. Nossos resultados mostram que a agregação de heme promovida pelo extrato protéico de Ae aegypti é dependente de pH e sensível à inibição por Tris, como descrito para Rhodnius e Plasmodium.

Biografia do Autor

Magda Delorence Lugon
Setor de Bioquímica de Insetos. LQFPP, CBB, UENF
Flávia Borges Mury
Setor de Bioquímica de Insetos. LQFPP, CBB, UENF
Marilvia Dansa de Alencar Petretski
Setor de Bioquímica de Insetos. LQFPP, CBB, UENF