ATIVIDADE DA SACAROSE FOSFATO SINTASE E DA INVERTASE ÁCIDA SOLÚVEL EM GENÓTIPOS DE CANA-DE-AÇÚCAR MADUROS

  • Camila Queiroz da Silva
  • Liane Cristina da Silva Ferreira
  • Arnoldo Rocha Façanha
Palavras-chave: Cana-de-açúcar, Sacarose fosfato sintase, Invertase ácida solúvel

Resumo

O Brasil lidera a produção de cana. A eficiência na produção dos seus derivados é dependente do sistema energético vegetal. A invertase e a sacarose fosfato sintase fazem parte desse sistema. Neste trabalho utilizou-se 6 variedades de cana do banco de germoplasma da Pesagro. O objetivo foi tentar explicar o comportamento diferenciado das variedades na acumulação de açúcares, pela atividade da sacarose fosfato sintase e da invertase ácida solúvel. A Pesagro ficou responsável pelo plantio e manutenção das mudas no campo. Foram utilizados três colmos de cada variedade para cada análise. A extração e a atividade enzimática foi realizada de acordo com o protocolo descrito por Lingle (1999). Os açúcares foram extraídos com etanol 80% e posteriormente determinou-se o teor de glicose, frutose e sacarose por análise espectrofotométrica (Stitt et  al., 1989). A taxa fotossintética líquida foi determinada na região mediana das folhas de cana com o IRGA (LI-6200). Para a determinação do teor de Sólidos Solúveis, foram colocadas 2 gotas do caldo da cana sobre o prisma de um refratômetro analítico, sendo os resultados expressos em 0Brix. A variedade RB855536 foi a que apresentou maior taxa fotossintética e o maior teor de sacarose, já a SP792233 apresentou o inverso. A CB56155 se destacou na atividade da invertase. A atividade da sacarose fosfato sintase não apresentou diferença entre os genótipos. Em relação ao teor de açúcar total, não houve diferença entre os genótipos estudados, assim como também não houve diferença na quantificação de sólidos solúveis; mostrando que sólidos solúveis não são bons quantitativos de açúcar, eles apenas servem para indicar a maturação do colmo. O genótipo CB56155 apresentou alta taxa fotossintética provavelmente devido a maior demanda de sacarose no dreno; além de alta atividade da invertase. A sacarose fosfato sintase e o 0Brix não são bons indicadores de genótipos superiores de cana. O 0Brix apenas serve como um indicativo de maturação.