CARACTERIZAÇÃO DE CONCRETOS REALIZADOS COM RESÍDUO DE TIJOLO MOÍDO PARA UTILIZAÇÃO EM LAJES PRÉ - FABRICADAS TRELIÇADAS

  • Jhony Martins Lucas de Oliveira
  • Sergio Luis González Garcia
Palavras-chave: Resíduo de Tijolo Moído, Substituição, Laje Treliçadas

Resumo

A cidade de Campos dos Goytacazes possui uma grande produção de tijolos que gera também uma grande produção de resíduos, ou seja, tijolos que são quebrados durante o processo de fabricação e que não possuem um local adequado para o descarte, que acabam assim por impactar o meio ambiente. Nesse contexto, o trabalho consistirá em caracterizar mecanicamente os concretos realizados com Resíduo de Tijolo Moído para a utilização em Lajes Pré - Fabricadas Treliçadas, ou seja, substituir diferentes porcentagens de Cimento Portland por Resíduo de Tijolo Moído. Com esses valores obtidos, verificar a influencia que pode proporcionar ao concreto e obter assim uma possível destinação para o material de descarte.O Resíduo será recolhido na olaria de referencia e armazenado no Leciv para a realização da primeira etapa que consiste em triturar os pedaços maiores em partículas menores, em seguida, realiza a moagem do material, com a busca de uma finura ainda menor. Com essa amostra, realiza-se a analise do material, como: Granulometria, Difração de Raio-X, Massa especifica, Densidade. Com os dados da finura determinados, realiza-se a substituição de Cimento Portland por Resíduo de Tijolo Moído nas proporções de 10%, 15% e 20%, moldando aproximadamente 50 corpos de provas de 10 x 20 cm e determina-se para estes: a resistência à compressão para diferentes idades (7, 14, 21 e 28 dias), assim como determina-se a curva tensão-deformação para estes tempos, resistência à tração na flexão, resistência á tração indireta, resistência a estados multiaxiais de esforços, todos esse ensaios irão seguir a norma da ABNT. Serão utilizados os seguintes equipamentos: Britador de mandíbula, moinho rotativo, Prensa universal SOILTEST.Projeto esta em fase de pesquisa bibliográfica com a busca de resíduos nas olarias.As conclusões serão obtidas a partir dos resultado dos ensaios mecânicos, que serão realizados em agosto de 2009.