CARACTERIZAÇÃO ELÉTRICA DE MATERIAIS LÍQUIDOS E PASTOSOS

  • Thallis Custódia Cordeiro
  • Aline Baptista Rangel
  • Edson Corrêa da Silva
Palavras-chave: Capacitância, Constante dielétrica, Óleos vegetais e minerais

Resumo

A física da matéria condensada tem sido responsável pelo avanço tecnológico na produção de novos materiais e caracterização de predicados essenciais para utilização industrial e comercial. As propriedades elétricas, sensíveis a transições de fase, nos revelam importantes características destas amostras quando analisadas em função da temperatura. Neste trabalho, iniciamos a análise do comportamento elétrico através da medida da constante dielétrica de um óleo mineral (Nujol) e glicerina. A montagem experimental é constituída de uma célula capacitiva de teflon, com duas placas paralelas de cobre em seu interior, uma ponte RCL e um controlador de temperatura. A ponte RCL aplica uma diferença de potencial alternada entre os terminais ligados à célula, criando uma capacitância dependente da freqüência, que é medida pelo próprio aparelho. Através da razão entre as capacitâncias da célula em vazio (ar) e com a amostra, obtemos a constante dielétrica do material uma vez que a constante dielétrica do ar é conhecida. Para o óleo mineral Nujol foi encontrado um valor para constante dielétrica de 2,2, numa faixa de freqüência entre 8khz e 100khz, neste intervalo de freqüência as capacitâncias se mantiveram bem estáveis. O valor obtido confere com valores citados na literatura. Quanto à glicerina, as medidas apresentaram grandes variações com o tempo, isso se deve, provavelmente, ao fato da mesma ser higroscópica. Para isso, foram realizadas medidas de saturação temporal nas freqüências de 8KHz, 20KHz e 100KHz em que foi possível notar que com o aumento da freqüência, mais rapidamente os valores de constante dielétrica se mostraram invariantes com o tempo, isto é, mais rápido se dá o processo de saturação. Podemos concluir a eficácia da técnica aplicada, devido aos resultados iniciais obtidos para o óleo mineral Nujol e a glicerina e, a possibilidade de determinar a taxa de absorção de água de uma substância higroscópica.
Publicado
13-12-2010