Caracterização físico-química de solos associados a áreas de pastagem em uma bacia de drenagem (Rio Imbé - Lagoa de Cima (RJ))

  • Leonardo Nunes Penha
  • Paulo Pedrosa
Palavras-chave: Lagoa de Cima, Pastagens, Bacia de drenagem

Resumo

Pastagens são coberturas de vegetação herbácea (ex. gramíneas), tipicamente utilizadas para fins pastoris. Levando em conta a circulação de solutos nos ecossistemas através do ciclo hidrológico, esse estudo tem como objetivo caracterizar parâmetros físicoquímicos liberados em meio aquoso por solos provenientes de áreas de pastagem. Para a realização do presente estudo, cinco amostras compostas de solo superficial (<20 cm) foram coletadas em um período seco na bacia do rio Imbé-Lagoa de Cima (RJ). Cada amostra foi homogeneizada e incubada por 24-h em água Milli-Q, considerando oito razões sólido:água (baseado em Tao & Lin, 2000), sendo então centrifugadas e filtradas em membrana (< 0,2 ?m). Os extratos aquosos foram caracterizados físicoquimicamente: pH, condutividade elétrica, alcalinidade e temperatura. A alcalinidade foi medida indiretamente, via acidimetria (método de Gran, 1951), e os demais paramêtros diretamente, via método potenciométrico. O pH variou entre 4,5 e 6,3, condutividade elétrica entre 85,1 e 517,3 ?S/cm e os valores de alcalinidade variaram entre -1,2 e 8 ?Eq/L. De um modo geral, os resultados sugerem razoável heterogeneidade ambiental com relação aos potenciais de liberação dos solutos (coletivizados) analisados. Ao relacionar os valores de pH com os de condutividade elétrica e alcalinidade obteve-se r² = 0,61 e 0,87, mostrando, respectivamente, uma relação negativa e positiva entre essas variáveis. Esses comportamentos associativos indicam coliberação de íons H+ e eletrólitos; possivelmente refletindo uma facilitação do meio ácido à lixiviação de outros íons. Por sua vez, a relação positiva encontrada entre pH e alcalinidade, sugere, coerentemente, uma contribuição de bases tamponantes (ex. OH-) com o aumento do pH. Embora preliminares esses dados referenciam características físico-químicas em solos de pasto, os quais são importantes componentes da paisagem local. Em perspectiva, esse trabalho, como parte de um projeto maior, deverá subsidiar elementos para consecução de um diagnóstico ambiental acerca da influência potencial de diferentes matrizes sólidas presentes na referida bacia às águas superficiais.