CARACTERÍSTICAS DA MOBILIDADE RESIDENCIAL DOS POBRES NAS FAVELAS E DO MERCADO INFORMAL URBANO NA REGIÃO NORTE FLUMINENSE

  • Evelyn de Almeida Campos
  • Maria Alice Pohlmann
  • Teresa Peixoto Faria
Palavras-chave: Mercado Informal, Mobilidade Residencial, Favelas

Resumo

O projeto visa traçar um diagnóstico das áreas de informalidade da Região Norte Fluminense, em especial em Campos dos Goytacazes e Macaé. Ao estudar as cidades de porte médio do interior do estado do Rio de Janeiro este trabalho desvia o eixo dos estudos urbanos das grandes cidades, sobretudo nas capitais e regiões metropolitanas. Assim, este projeto contribui para os estudos voltados a entender o funcionamento e a lógica de mercado na região Norte Fluminense e soma com a coleta de informação e sistematização de dados sobre informalidade urbana no Estado do Rio de Janeiro. O trabalho de campo consiste na aplicação de questionários abrangendo o conjunto de domicílios disponíveis para venda no momento da investigação e aqueles comprados ou alugados no último ano nas favelas selecionadas. Complementar à aplicação dos questionários, objetiva recuperar a trajetória histórica das comunidades faveladas pesquisadas a partir da reconstituição do seu processo de surgimento, expansão e consolidação a partir do depoimento de moradores, lideranças comunitárias e arquivos da associação de moradores. O presente projeto encontra-se em seu estágio inicial, não podendo assim, assumir resultados. Porém, a partir do levantamento de dados já elaborado pela equipe de pesquisa, podemos assumir a priori que o mercado de aluguel nas favelas campistas é maior que o de venda e de compra, já que as favelas, nas últimas décadas, não se expandiram, apenas incharam, isto é, houve aumento de número de domicílios nas favelas, sem haver aumento na área destas.