CONDUTIVIDADE ELÉTRICA E MORFOLOGIA SUPERFICIAL DE FILMES DE MANGANITA DE LANTÂNIO DEPOSITADOS EM SUBSTRATOS DE AÇO INOXIDÁVEL TIPO 444 E QUARTZO

  • Leonardo Marques Gama
  • Herval Ramos Paes Jr.
Palavras-chave: LSM, PaCOS, spray-pirólise

Resumo

Neste trabalho são analisados os efeitos das condições de deposição e tratamento térmico de filmes de manganita de lantânio intrínsecos (LaMnO3) e dopados com estrôncio (La0,8Sr0,2MnO3) ou cálcio (La0,8Ca0,2MnO3) visando sua aplicação como catodo em Pilhas a Combustível de Óxido Sólido para operação em temperaturas intermediárias (PaCOS-TI). Estes filmes foram depositados por spray-pirólise sobre substratos de quartzo e aço inoxidável tipo 444. Posteriormente, os filmes foram tratados termicamente por 2 horas em 900º ou 1000ºC. A caracterização elétrica foi realizada pelo método de duas pontas e a morfologia superficial foi analisada por microscopia ótica. Filmes depositados sobre substratos de aço apresentaram uma maior homogeneidade superficial em comparação aos filmes depositados sobre os substratos de quartzo. Os filmes dopados apresentaram maior número de trincas em relação aos filmes intrínsecos. Filmes dopados com Sr apresentaram valores de condutividade elétrica superiores aos filmes intrínsecos e filmes dopados com Ca depositados sobre substratos de mesmo material.