EFEITO DE SECREÇÕES DE CÉLULAS DO OVIDUTO SOBRE PARÂMETROS FÍSICOS E MORFOLÓGICOS DE ESPERMATOZÓIDES BOVINOS

  • Patrícia da Silva Valleriote
  • Carla Sobrinho Paes de Carvalho
  • Angelo José Burla Dias
Palavras-chave: Espermatozóides, Fertilização in vitro, Microambiente do Oviduto

Resumo

O microambiente produzido pelo oviduto exerce uma ação direta sobre a motilidade, capacitação espermática e o processo de reação acrossômica, eventos necessários à fertilização. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito da adição de meio de cultura de células epiteliais de oviduto ao meio de incubação de espermatozóides bovinos, sobre os parâmetros físicos e a integridade funcional da membrana espermática. As células de oviduto foram cultivadas in vitro durante 5 dias. O meio de cultura foi concentrado 10x e armazenado a -20°C. O sêmen foi descongelado e os espermatozóides foram selecionado sem gradiente de Percoll, sendo então  avaliados  quanto à motilidade total (MT) e progressiva (MP), vigor (V) e integridade de membrana por meio do teste hiposmótico (THO). Os espermatozóides foram ressuspendidos em Talp-sp (controle-TC), Talp-sp+heparina 10?g/mL (TH), ou Talpsp+ 3,6?g/mL de meio de cultura de células de oviduto (TOv). As amostras foram incubadas por 3h a 38,5°C e 5% de dióxido de carbono (CO2). As análises iniciais foramrepetidas após o gradiente de Percoll e após o período de incubação. Após o Percoll as amostras apresentaram 91,4%±3,8MT, 80,7%±5,3MP e 4,0±0V. Decorrido 3h deincubação a MT dos espermatozóides de TC, TH e TOv foi de 65,4%±13; 52,9%±18,9 e 75%±5, respectivamente. Os resultados da MP mostraram que as médias percentuais±DP de TC, TH e TOv foram, respectivamente, 40,9%±21,6; 36,4%±23,9 e 48,6%±22,5. A avaliação do vigor mostrou médias de 3,1±0,9; 3,3±0,7 e 3,4±0,9 para TC, TH e TOv, respectivamente. Ao THO os resultados médios±DP foram de 71,9%±15,9; 70,9%±7,9; 66,7%±20,8 de espermatozóides íntegros à 0h, para TC, TH e TOv , respectivamente, enquanto que após 3h de incubação esses resultados foram de 64,3%±8,9; 65,1%±14,7; 64,4%±16,3; respectivamente. Os resultados preliminares sugerem que a adição das secreções de oviduto promove um efeito positivo sobre MT e MP, não interferindo no V e na integridade da membrana plasmática.