ESTUDO DA DEGRADAÇÃO POR RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA DE COMPÓSITOS POLIMÉRICOS REFORÇADOS COM FIBRAS DE VIDRO

  • Meline Aparecida Viana Possidonio
  • Guilherme Chagas Cordeiro
  • Janine Domingos Vieira
Palavras-chave: Compósitos, Degradação, Radiação Ultravioleta

Resumo

O presente estudo tem como objetivo a avaliação da degradação física de compósitos poliméricos reforçados com fibras de vidro expostos à radiação ultravioleta. Para  tal, serão utilizados corpos-de-prova extraídos de perfis pultrudados tipo cantoneira de dois tipos de matrizes (éster vinílica e fenólica) reforçadas com fibras de vidro. Materiais compósitos, como os que são investigados neste trabalho, são utilizados em inúmeras aplicações na Engenharia. O estudo da degradação é muito importante para que se possa avaliar o desempenho destes compósitos submetidos a condições severas de uso. O programa experimental consiste, basicamente, em: obtenção de perfis pultrudados; confecção dos corpos-de-prova para ensaios físicos e mecânicos; caracterização dos compósitos; exposição à radiação ultravioleta; e caracterização após a degradação, sendo estes realizados com a intenção de verificar alterações das propriedades físico-mecânicas dos corpos-de-prova. Após a obtenção dos perfis de compósitos com matrizes de poliéster isoftálica e de éster vinílica, reforçadas com fibras longas de vidro (E-glass), foi realizada, no Laboratório da Centrífuga Geotécnica do LECIV/UENF, a confecção dos corpos-de-prova obedecendo às dimensões preconizadas nas normas vigentes para ensaios físicos e mecânicos. Espera-se que os resultados da pesquisa possam contribuir para o conhecimento do comportamento dos dois tipos de compósito sob influência da exposição à radiação ultravioleta e, desta forma, possibilitar uma aplicação estrutural mais segura em função das condições de campo as quais o compósito estará submetido.