ESTUDO DA GSK3? RELACIONADO COM O CONTEÚDO DE GLICOGÊNIO EM OVOS DE AEDES AEGYPTI

  • Danielle G. Novelli
  • Eldo Campos
  • Carlos Logullo
Palavras-chave: GSK3?, Diapausa, Glicogênio

Resumo

Nesse trabalho foi investigado o metabolismo de glicogênio em ovos de A. aegypti em diapausa. Foi analisada a enzima considerada chave neste processo, a Glicogênio Sintase Quinase. Estudos apontam que ovos de A. aegypti podem permanecer em diapausa durante dois anos e então eclodir na presença de água. Esse fenômeno é pouco estudado, porém de grande relevância considerando que o mosquito estudado é vetor da doença da dengue, na qual é bem difundida em países tropicais. Foram utilizados nesse estudo ovos de A. aegypti criados no insetário do Laboratório de Biotecnologia da Universidade Estadual do Norte Fluminense. Em nossos experimentos estabelecemos três períodos de desenvolvimento: pré-diapausa (ovos com 48h após oviposição); diapausa (ovos com 21 dias de desenvolvimento) e pós diapausa (ovos em que a diapausa foi interrompida pela adição de água por 10 min). A atividade da GSK3? foi determinada por western blotting e a análise da transcrição relativa por PCR em tempo real. A quantificação de glicogênio foi espectrofotometricamente determinada medindo a absorbância em 510 nm. A fosforilação da GSK3? é mais evidente no período de pós-diapausa em comparação com os demais, mostrando que a mesma se encontra mais inativa. Os níveis de glicogênio são equivalentes na diapausa e na pós-diapausa, porém uma varredura de 2, 6 e 10 min após a adição de água mostrou que o glicogênio foi quase todo consumido, sendo re-sintetizado a partir de 6 min, sugerindo que esteja ocorrendo gliconeogênese quando os ovos saem da diapausa. Após a análise da transcrição relativa, foi observado maiores níveis de mRNA em pós-diapausa do que em relação aos outros períodos. Esse resultado não é equivalente ao resultado de atividade, confirmando que a GSK3? não é regulada por transcrição, como é classicamente descrita. Estes resultados indicam que a GSK3? é diferentemente regulada em ovos de A. aegypti em diapausa e sua atividade está relacionada com os níveis de glicogênio nestes ovos, possibilitando um maior esclarecimento da estratégia de desenvolvimento desses embriões após e durante a diapausa.