ESTUDO DE ESTRUTURA DAS LIGAS DE Ti-Nb-Mo COM ENE TERMICAMENTE TRATADAS

  • Márcia Almeida Silva
  • Lioudmila Aleksandrovna Matlakhova
Palavras-chave: Ligas de Ti-Nb-Mo, Microscopia ótica, Análise estrutural

Resumo

Introdução:As ligas de titânio com Nb e Mo apresentam alta resistência à corrosão, boas propriedades mecânicas e baixo peso e podem revelar efeitos não elásticos (ENE). Sabendo que as propriedades das ligas dependem de sua estrutura e que ENE é correlacionado com fases martensíticas metaestáveis, o objetivo deste trabalho é o estudo da estrutura das ligas Ti-(40-4x)Nb-xMo termicamente tratadas. A importância destas ligas ainda consiste em sua possível aplicação no setor off-shore e em vários equipamentos.Metodologia:As ligas Ti- (40-4x)Nb-xMo, onde o teor de Nb varia de 24 a 40% e o Mo de 0 a 4%, em peso, foram fabricadas pela técnica de cinco fusões em forno elétrico a arco, no Instituto de Metalurgia e de Materiais (IMET) em Moscou, na Rússia. As amostras foram cortadas e embutidas a frio, usando um anel de alumínio preenchido com resina epóxi e endurecedor. Estas amostras foram lixadas e polidas manualmente, usando pastas de alumina do fabricante AROTEC. Em seguida, foi feito um ataque químico, utilizando uma solução com 25% de ácido fluorídrico, 25% de ácido nítrico e 50% de glicerina. A caracterização das ligas é feita através da microscopia ótica e da difração de raios-X.Resultados:Analisando a estrutura das ligas Ti-(40-4x)Nb-xMo termicamente tratadas, que contêm os elementos nióbio e molibdênio como estabilizadores de fase b-Ti, espera-se verificar a presença das fases martensíticas ?’ e ?” e ?-metaestável, em todas as ligas analisadas. Como o nióbio e molibdênio são elementos ?-estabilizadores, com aumento de sua concentração, espera-se também encontrar maior participação da fase ?.Conclusão:O trabalho citado ainda está em desenvolvimento e, por isso, ainda não foi possível fazer conclusões finais.