INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E DESEMPENHO EMPRESARIAL: ESTUDO EXPLORATÓRIO NO SETOR TÊXTIL-VESTUÁRIO EM CAMPOS DOS GOYTACAZES, RJ

  • Matheus Barbosa Pinheiro
  • Manuel Antonio Molina Palma
Palavras-chave: Inovação, Têxtil-Vestuário, Desempenho

Resumo

A indústria têxtil marcou o início da era industrial na Europa e nos Estados Unidos e é também responsável por uma importante participação no desenvolvimento industrial do Brasil. Hoje em dia, o setor gera um grande número de empregos em todo o país. Segundo dados da RAIS, o setor gera mais de 520.000 empregos em todo território brasileiro. O estado do Rio de Janeiro concentra mais de 50% das indústrias têxteis do Brasil. Este é um trabalho a respeito da inovação tecnológica e desempenho empresarial no setor têxtil-vestuário do município de Campos dos Goytacazes – RJ. Trata-se de um estudo exploratório que levanta dados preliminares a fim de possibilitar estudos mais representativos que possam tanto auxiliar a formulação de políticas públicas específicas para a cidade e região quanto dar subsídios para os gerentes e empresários, sugerindo áreas passíveis de intervenção para alavancar o desempenho da indústria. Tal estudo não se resume a explorar apenas a parte tangível da inovação (ativos materiais como máquinas e matéria prima), mas também se importa com fatores intangíveis e se insere nas três esferas de inovação: no produto, no processo e na organização. O método de pesquisa utilizado foi o estudo de múltiplos casos. A análise dos dados foi feita por uma técnica chamada análise de conteúdo. Estudaram-se fatores e seções que facilitam e dificultam a inovação e o desempenho. Os resultados evidenciam que a tradicionalidade do setor, a falta de aquecimento do mercado local e a mão-de-obra regional não qualificada, são fatores que devem ser considerados com veemente atenção a fim de criar vantagens competitivas e garantir a sobrevivência da indústria local frente às ameaças de concorrentes externos. Fica em evidência propostas como: buscas de sinergia entre as empresas da região, estudos sobre a necessidade de medidas para qualificação da mão-de-obra e implementação de novas práticas de produção para ganhar produtividade obtendo vantagem competitiva.