ANÁLISE NUMÉRICA E EXPERIMENTAL DO FATOR FORMA EM JUNTAS DE CISALHAMENTO SIMPLES

  • Ranulfo Martins Carneiro Neto
  • Eduardo Martins Sampaio
  • Joaquim Teixeira de Assis

Resumo

As uniões adesivas de materiais metálicos com adesivos epóxis vêm se tornando umatecnologia cada dia mais difundida, sendo o tipo de junta colada mais utilizada a decisalhamento simples. Este trabalho tem como objetivo a avaliação numérica de juntas decisalhamento simples utilizando o método dos elementos finitos, sendo os resultados numéricosobtidos comparados com os valores dos experimentos realizados nas mesmas configurações.As análises consideraram o fator forma nas áreas coladas em nove configurações distintas,sendo modificados tanto o comprimento de sobreposição como a largura da junta. Foramutilizados os modelos de dano coesivo (MDC) na análise numérica. Para a medição daspropriedades coesivas relacionadas a energia, foram realizados os ensaios DCB (doublecantilever beam) e ENF (end notched flexure), medindo-se assim as energias críticas de fraturaem modo I e II (normal e cisalhamento, respectivamente). Tanto na análise numérica como naexperimental, os resultados mostraram que a resistência mecânica de juntas coladas commesma área colada, porém com dimensões diferentes, é distinta, demonstrando a existência dofator forma. De maneira geral, houve boa concordância numérica e experimental nos diversosgrupos avaliados, o que demonstra a eficiência dos modelos de danos coesivos nas condiçõesestudadas.
Publicado
21-12-2018