CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE DA MALHA VIÁRIA URBANA DE SANTARÉM/PA UTILIZANDO MEDIDA DE CENTRALIDADE POR INTERMEDIAÇAO EM TEORIA DOS GRAFOS

  • Gabriela Cacilda Godinho dos Reis
  • Rodolfo Maduro Almeida

Resumo

Redes complexas são analisadas utilizando a Teoria dos Grafos, a área da matemática que estuda as relações entre objetos de um determinado conjunto, empregando o conceito de grafo. Diversos aspectos do mundo real podem ser representados por redes a partir de analogias para fins específicos. Dados georreferenciados de uma malha viária urbana podem ser convertidos em um grafo, onde os vértices são os cruzamentos e as arestas são os caminhos entre estes. O uso do ambiente de computação estatística R, possibilita alcançar a medida de centralidade de intermediação de um vértice ou aresta. Esta centralidade atribui importância a um vértice ou aresta em função da passagem de fluxo por ele para interligar outros dois vértices ou arestas da rede, através do menor caminho possível. Quanto mais central é um vértice ou aresta, maior é o número de vértices ou arestas possíveis de se atingir com maior rapidez ou facilidade. Neste sentido e considerando a expansão urbana não organizada, somada ao crescente uso de veículos motorizados, que têm gerado cenário de congestionamento e difícil mobilidade nas vias urbanas de Santarém, se propos a utilização da medida de centralidade por intermediação para caracterização e análise da malha viária urbana de Santarém, Pará.
Publicado
21-12-2018