UM ESTUDO DO MÉTODO ENXAME DE PARTÍCULAS PARA SE DETERMINAR MÍNIMOS GLOBAIS DE FUNÇÕES NÃO LINEARES

  • Andressa Alves Machado da Silva
  • Joviana Sartori de Souza

Resumo

Neste trabalho, apresenta-se o estudo do método de otimização estocástico Enxame de Partículas (PSO) aplicado na minimização de funções não lineares sem restrições.São abordadas hibridizações entre o método estocástico em estudo com métodos de busca direta, com o objetivo de inserir um método de busca padrão na iteração do PSO para realização de uma busca refinada para encontrar o ponto ótimo da função. Os métodos híbridos propostos são: Enxame de Partícula/Busca Coordenada (PSO/BC) e Hibridização Enxame de Partículas/ Hooke Jeeves (PSO/HJ). Os métodos em análise são testados na minimização de funções não lineares já presentes na literatura, com o objetivo de testar o desempenho dos métodos em análise na convergência das funções, na eficiência temporal e no número de iterações necessárias para obtenção do mínimo global da função. Por fim, apresenta-se a análise dos resultados obtidos e compara-se o desempenho do PSO em relação às suas hibridizações (PSO/BC e PSO/HJ), identificando o mais eficiente.
Publicado
21-12-2018