EFEITOS DOS CICLOS DE UMEDECIMENTO E SECAGEM NAS PROPRIEDADES FÍSICAS DE COMPÓSITOS CONSTITUÍDOS DE CIMENTO, RESÍDUO DE CELULOSE E FLAKES DE PET

  • Paulo Gedeão Barroso Gomes Júnior
  • Cassia Maria de Assis Rangel Melo
  • José Luiz Ernandes Dias Filho
  • Sergio Rafael Cortes de Oliveira
  • Jessika Rogério de Azevedo
  • José Gabriel Rodrigues Mendonça Schettin

Resumo

Este artigo avaliou os efeitos dos ciclos de umedecimento e secagem em compósitos constituídos de cimento, resíduo industrial de lodo de celulose e flakes de PET aplicados como material de construção. A avaliação das propriedades físicas são baseadas em três aspectos: absorção de água, porosidade e resistência à compressão. As amostras foram confeccionados nas proporções 1:3, 1:4 e 1:5 de cimento e lodo de papel, em volume, variando-se o teor de lodo de papel em 10, 20 e 30% para fibras de PET. Verifica-se que, à medida que ocorre o aumento da inserção de resíduo de lodo de papel, a resistência mecânica das amostras diminui e a absorção de água e a porosidade aumentam. Entretanto, no procedimento de ciclagem, verificou-se, em geral, uma tendência de ganho de resistência mecânica, justificada pelo procedimento de cura que se sobrepõe à degradação imposta, enquanto a absorção de água e a porosidade aumentam. De modo geral, conclui-se que o material apresenta potencial como alternativa na indústria da construção civil.
Publicado
21-12-2018