ESTUDO COMPLEMENTAR DE UM COMPLEXO DE COORDENAÇÃO DE COBRE E AVALIAÇÃO DA INTERAÇÃO COM DNA HUMANO IN SILICO

  • Gabriel Machado Carvalho
  • Lorena Pessanha de Souza Oliveira
  • Marina Barreto Silva
  • Milton Masahiko Kanashiro
  • Nelilma Correia Romeiro

Resumo

O câncer caracteriza-se pela proliferação desordenada de células anormais que apresentam alterações genéticas que lhes conferem a alta capacidade de proliferação e invasão, afetando o funcionamento de tecidos e órgãos. Estudos recentes mostram que o complexo de coordenação denominado Cu? apresenta seletividade e baixa toxixidade, onde, os valores de CE50 de celulas sadias tratadas com o composto foram superiores aos obtidos para as células tumorais. Nesse contexto, estudos de docking e modelagem molecular são utilizados para otimizar o processo de triagem no desenvolvimentos de novos fármacos. O objetivo desse trabalho foi analisar o efeito do Cu? na viabilidade de celulas de câncer de mama e simular, in silico, o perfil de interações com o DNA humano utilizando docking molecular. As concentrações de CE50 foram inferidas por método colorimétrico utilizando MTT. As análises de modelagem molecular foram feitas utilizando o Pymol, para visualização e edição das estruturas, e o Hex para o docking molecular. O composto Cu? demonstrou potência, na inviabilidade de celulas de câncer. Estudos de docking mostraram uma maior interação do Cu? com o sulco menor do DNA, sugerindo que o complexo pode estar atuando negativamente nos processos de transcrição e replicação, ativando vias apoptóticas.
Publicado
21-12-2018