CLASSIFICAÇÃO DE RESÍDUOS DO BENEFICIAMENTO DE ROCHAS ORNAMENTAIS DEPOSITADOS EM ATERROS

  • Tatiane Brito Perim da Silva
  • Mirna Aparecida Neves

Resumo

O setor de rochas ornamentais produz uma quantidade significativa de resíduos de granulação muito fina, também chamados de lama abrasiva. Os estudos existentes quanto à classificação desses resíduos são divergentes e geralmente direcionados ao resíduo recém-gerado, coletado no parque de beneficiamento, onde é feita a serragem dos blocos e o polimento das chapas. Os resíduos antigos, que estão depositados há vários anos, muitas vezes em sítios clandestinos, têm sido ignorados, embora seu conhecimento seja extremamente importante por constituírem passivos ambientais da indústria de rochas ornamentais. Esse estudo teve como objetivo classificar resíduos antigos, depositados a várias décadas em diversos locais no interior do Estado do Espírito Santo. A classificação dos resíduos seguiu as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. Ao contrário da maioria dos trabalhos anteriores, que classificam os resíduos como Não-Inertes, os resíduos aqui estudados são classificados como Inertes, com exceção de uma única amostra, que apresentou teor de Pb ligeiramente acima do valor máximo permitido no extrato solubilizado.
Publicado
21-12-2018