ESTUDO DA CINÉTICA E DAS ISOTERMAS DE ADSORÇÃO DE NITRATO POR HIDRÓXIDO DUPLO LAMELAR DO TIPO Mg6Al2(CO3)(OH)16.nH2O CALCINADO E NÃO CALCINADO

  • Ruth Silva de Siqueira Mothé
  • Mayco Thomes
  • Damaris Guimarães

Resumo

A contaminação de recursos hídricos por nitrato se deve majoritariamente a ações antrópicas como atividades industriais, práticas agrícolas e esgotos não tratados. A alta solubilidade em água faz desse oxiânion um potencial contaminante, responsável por acarretar sérios transtornos ao meio ambiente e à saúde pública. Mediante essa problemática, o presente estudo avaliou a remoção do íon em efluente sintético por adsorção em hidrotalcita (Mg6Al2(CO3)(OH)16.nH2O). O adsorvente foi sintetizado pelo método de coprecipitação a pH variável. Foram realizados ensaios em batelada com o adsorvente cru e calcinado. A fim de estudar o progresso da adsorção, prever quais etapas controlam a velocidade global do processo e estabelecer o tempo de residência necessário para que o adsorvente atingisse sua saturação, estudos cinéticos foram realizados à temperatura ambiente e em pH variável. Nas mesmas condições de pH e temperatura foram realizados ensaios para a construção das isotermas de adsorção. Desses estudos, concluiu-se que o HDL cru não é eficaz na remoção de nitrato por adsorção superficial, enquanto o processo de adsorção de nitrato por HDL calcinado se apresentou favorável, dentro de 7 horas de experimentação, tendo sua velocidade de reação controlada pela etapa de quimissorção.
Publicado
21-12-2018