ESTUDO DAS TENSÕES RESIDUAIS GERADAS NO FRESAMENTO DE TOPO DE AÇO AISI 4340

  • Túlio Salek Quintas
  • Mateus Campos Martins
  • Marcel Freitas de Souza
  • Leosdan Figueredo Noris
  • Maria Cindra Fonseca

Resumo

Os aços de alta resistência mecânica são amplamente empregados na fabricação de componentes mecânicos destinados a serviços que envolvam elevados níveis de carregamento. Um dos processos de usinagem usados na fabricação desses componentes é ofresamento de topo que, assim como todos os processos de fabricação, introduz tensões residuais nas peças fabricadas. Essas tensões podem gerar efeitos danosos ou benéficos aos componentes, dependendo de sua natureza, magnitude e distribuição. Neste trabalho foram analisadas as tensões residuais geradas no fresamento de topo de aço AISI 4340, levando em consideração a influência dos parâmetros de corte (velocidade de corte, avanço e profundidade de corte). As tensões residuais foram medidas por difração de raios-X, pelo método do sen2?, e os resultados foram comparados com aqueles obtidos por ruído magnético Barkhausen (RMB), com o objetivo de verificar a validade do uso do RMB para esta aplicação. Os resultados revelaram a presença de tensões compressivas em todas as amostras.
Publicado
21-12-2018