COMPARAÇÃO ESTATÍSTICA ENTRE DUAS VARIANTES DO MÉTODO DE OTIMIZAÇÃO DE COLISÃO DE PARTÍCULAS

  • Ane Élida Nogueira Frauches Almoaia
  • Antônio J. Silva Neto
  • Wagner Figueiredo Sacco

Resumo

Algumas variantes do algoritmo de colisão de partículas (Particle Collision Algorithm- PCA) vêm sendo propostas, e entre elas, o algoritmo de colisão de partículas comHooke-Jeeves e o algoritmo de colisão de partículas com seção de choque. A ideia central deste artigo é utilizar-se de ferramentas estatísticas não-paramétricas a fim de comparar as taxas de sucesso quando estas duas variantes são expostas a problemas de natureza e complexibilidade distintas. Para isso, foi utilizado o teste dos postos sinalizados de Wilcoxon para determinar se estatisticamente um algoritmo apresenta um desempenho melhor do que o outro. Foram utilizados funções teste desenvolvidas para o estudo do desempenho de métodos de otimização, bemcomo problemas modelados por sistemas de equações algébricas não-lineares. Ambos os algoritmos foram capazes de produzir resultados satisfatórios para as funções teste. Mas quando submetidos à segunda classe de problemas, seus desempenhos foram aparentemente distintos.
Publicado
21-12-2018