ESTRATÉGIAS ADAPTATIVA E DE ACEITAÇÃO ATRASADA EM MÉTODOS DE MONTE CARLO COM CADEIAS DE MARKOV PARA A IDENTIFICAÇÃO DE DANOS ESTRUTURAIS EM VIGAS

  • Josiele da Silva Teixeira
  • Leonardo Tavares Stutz
  • Diego Campos Knupp
  • Antônio José da Silva Neto

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo a solução de problemas inversos visando aidentificação de falhas estruturais. Na solução do problema direto, serão considerados oMétodo dos Elementos Finitos (MEF) e o metamodelo de Superfície de Resposta, sendo oprimeiro usualmente adotado na formulação dos problemas de identificação de danos. Nestetrabalho, a integridade da estrutura é continuamente descrita por um parâmetro estruturaldenominado parâmetro de coesão. Sendo assim, o problema direto será parametrizado pelomesmo, utilizando-o como indicativo de danos na estrutura. O problema de identificação dedanos é  formulado como um problema inverso, cujo objetivo é estimar o parâmetro de coesãoda estrutura. Para a solução do Problema inverso são utilizados os métodos de Monte Carlocom Cadeias de Markov convencional (MCMC) e adaptativo (adpMCMC). No entanto, devidoao alto custo computacional inerente aos MEFs, será implementado o adpMCMC combinadocom o método de aceitação atrasada, onde o Metamodelo de Superfície de Resposta (MSR)será utilizado em substituição ao MEF, com o objetivo de reduzir o custo computacional. Umconjunto de resultados numéricos é apresentado, onde considera-se diferentes arranjos experimentaise um nível de ruído para as duas técnicas de solução adotadas.
Publicado
21-12-2018