INVERSÃO CONJUNTA DE FUNÇÃO DO RECEPTOR E DISPERSÃO DE ONDAS DE SUPERFÍCIE APLICADO A ESTUDOS DA LITOSFERA

  • Raimundo Oscar de Sousa Júnior
  • Cíntia Rocha da Trindade
  • José Eduardo P. Soares
  • Cauã da Silva Chagas dos Santos

Resumo

O método de inversão conjunta de função do receptor e onda de superfície, pode serutilizado para o estudo da estrutura da litosfera, identificando parâmetros de profundidades evelocidade da onda S, essa que é uma característica do método sismológico onde se destaca emidentificar e determinar descontinuidades horizontais e a distribuição de variação de velocidadesde ondas no meio. Este trabalho é uma parceria entre o Laboratório de Estudos Sísmicose Sismológicos da Amazônia (LESSAM) da UFOPA e o Laboratório de Estudos da Litosfera(LabLitos) do IG/UnB, onde opera os dados da Rede Sismográfica para Estudos Tectônicos(RSET) e que atualmente tem como suporte o projeto PABP (Programa de Análise da Bacia doParaíba. A principal motivação do trabalho é oferecer maiores informações sobre o CrátonAmazônico , este que é a porção menos conhecida do país devido a várias dificuldades, entreelas, a presença de densa floresta, tendo a coberturas de solos e sedimento ocultando as rochas, o clima quente e úmido e a falta de acessos as àreas de estudo, exigem enormes esforços e custos na realização da pesquisa
Publicado
21-12-2018