ESTUDO DAS PROPRIEDADES DE COMPÓSITOS DE POLIPROPILENO CARREGADOS COM PENTÓXIDO DE NIÓBIO E FOSFATO DE CÁLCI

  • Carlos Jorge Berçot -
  • Maria Cristina Guimarães Rocha -

Resumo

 Compósitos poliméricos carregados com partículas inorgânicas, que de uma forma geral, apresentam altas temperaturas de fusão, dureza elevada e bioinércia têm despertado grande interesse dos centros de pesquisa e indústrias, devido ao grande potencial de inovação tecnológica que essa combinação de materiais apresenta. Nesse contexto foram desenvolvidos compósitos de polipropileno carregados com pentóxido de nobio de forma a vislumbrar possíveis aplicações para esses materiais. Os resultados obtidos em geral demonstraram que o óxido de nióbio promoveu aumento da resistência mecânica, do módulo de elasticidade e da tenacidade em tração do polipropileno. A resistência ao impacto do polipropileno, entretanto, não sofreu alterações significativas nas condições utilizadas. Como os compósitos obtidos apresentaram rigidez elevada e um grande alongamento na ruptura, compósitos híbridos de polipropileno carregados com pentóxido de nióbio e fosfato de cálcio foram também desenvolvidos, visando aplicações na área de biomateriais. Os resultados obtidos mostraram que a adição do fosfato de cálcio aos compósitos de polipropileno carregados com óxido de nióbio não alterou de forma significativa as propriedades em tração, mas causou redução considerável do alongamento na ruptura e da resistência ao impacto.

Biografia do Autor

Carlos Jorge Berçot, -
-
Maria Cristina Guimarães Rocha, -
-
Publicado
22-12-2018