Edições anteriores

  • Aditivos Alimentares - Cadernos Técnicos, vol. 1
    2021
    Na busca por recursos que atendam às necessidades dos consumidores, que se mostram cada vez mais exigentes, a indústria de alimentos investe na utilização de aditivos alimentares, sejam eles naturais ou sintéticos.  Adicionados intencionalmente aos alimentos, sem o propósito de nutrir, mas com o objetivo de alterar as características físicas, químicas, biológicas e sensoriais, os aditivos dividem-se em inúmeros compostos extraídos de plantas sintetizados por microrganismos, entre outros. Este livro apresenta informações a respeito dos aditivos alimentares mais utilizados na indústria de alimentos e objetiva, além disso, demonstrar a importância desses compostos para os estudantes, contextualizando propriedades, características, funções e aplicações. Espera-se que, neste material, alunos e profissionais da área de alimentos encontrem elementos que os ajudem com suas dúvidas, utilizando-o como apoio em seus estudos.
  • 10 anos de extensão de Rede Federal de Educação Profissional
    2021
    Esta obra é um registro do desenvolvimento da extensão nos primeiros dez anos de existência da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, criada em 29 de Dezembro de 2008, pela Lei Federal No 11.892. Contém relatos de trinta e uma instituições, compondo um recorte histórico da reestruturação que ocorreu quando da criação dos Institutos Federais, a partir de vários Centros Federais de Educação Tecnológica, Escolas Técnicas Federais e Escolas Agrotécnicas Federais. Esse período compreendeu intensiva expansão dessas instituições, sobretudo para o interior do país, com investimentos significativos em políticas públicas de educação e teve como tônica a inclusão social por meio da ampliação das oportunidades de acesso à educação profissional e superior para uma grande parcela da sociedade brasileira. Como pode ser constatado nos trabalhos desse livro, a extensão se desenvolveu muito nas instituições retratadas nessa obra durante esse período, como ação finalística que dava sentido a propósitos fundamentais da Rede Federal no contexto de sua expansão. Dentre esses propósitos, potencializados pelas ações de extensão, podemos ressaltar a aproximação das instituições de educação profissional, científica e tecnológica das pessoas em suas comunidades e arranjos produtivos e culturais locais, procurando não apenas escolarizar jovens, mas promover, por meio de uma atuação local, o desenvolvimento socioeconômico de todo o país, de forma integrada e efetiva, priorizando as pessoas e organizações em situação de vulnerabilidade, abordando questões sociais relevantes e colaborando com a construção de uma nova identidade para a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, a partir de sua história centenária.
  • O Curso de Pedagogia no Brasil: entre a opacidade do discurso e a panaceia normativa
    2021
    A obra “O Curso de Pedagogia no Brasil: entre a opacidade do discurso e a panaceia normativa”, resultado da pesquisa realizada pela autora no Mestrado em Sociologia Política da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, examina os embates em torno das Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, levando em conta a evidenciação das discussões que atravessam a formação do pedagogo no Brasil e a identificação dos grupos envolvidos nas (re) definições desta formação. Sendo o Curso de Pedagogia, principalmente após a Resolução CNE/CP (Conselho Nacional de Educação / Conselho Pleno) no. 1/2006, um importante canal de formação de docentes para a educação elementar (Educação Infantil e Ensino Fundamental), requisito essencial ao desenvolvimento econômico e cultural pretendido para o país, é possível afirmar que a definição de um currículo para o educador atuante na base do sistema de ensino sinaliza a existência de um problema demarcado por fortes questões políticas. O exame da correlação de forças simbólicas, reiteradamente tensionadas ao longo da história do curso de Pedagogia, e do discurso performativo, veiculado por agentes envolvidos nos embates em prol de um modelo formativo para o pedagogo, ao passo em que permite clarificar a lógica de funcionamento do campo educacional, pode contribuir para um entendimento menos mitificado dos pressupostos que fundamentam o percurso acadêmico-profissional do licenciado em Pedagogia.
  • O riso na luta: comicidade, política e transgressão
    2021
    Esta obra investiga a comicidade a partir de suas potências transgressivas, fenômeno criador de aberturas possíveis à experiência da diferença, violando a ordem estabelecida pelos padrões normativos. O risível como mecanismo gerador de incertezas, pulsão indisciplinada diante da rigidez de normas e valores. Pensando nas intensidades que atravessam a arte cômica, adentramos no universo dos artistas da cena Leo Bassi e Luiz Carlos Vasconcelos, o palhaço Xuxu, analisando como ocorrem em suas atuações maneiras de dar corpo à passagem das dinâmicas transgressoras e políticas na efemeridade da prática cênica.
  • O outro lado do rio: mobilizações coletivas e estratégias de enfrentamento em um bairro de expansão urbana da cidade de Campos dos Goytacazes – RJ
    2021
    A partir dos relatos de histórias de vidas e observações das relações cotidianas, uma interpretação dos percursos traçados pelos moradores de um bairro de expansão urbana na cidade de Campos dos Goytacazes foi sistematizada. No livro é possível vislumbrar processos de mobilização coletiva para a organização de festas, demandas por obras de melhorias no bairro, assim como para elevação da reputação do bairro na cidade. A história do local é apresentada como entrelaçada à de seus moradores, o que nos ajuda a   compreender diferentes momentos pelos quais o bairro passou. Com base nas narrativas encontradas no livro, é possível pensar um bairro constituído por descendentes de negros escravizados; por migrantes da área rural do município; por seus filhos, que já possuíam mais acessos a serviços em comparação à geração anterior; e por seus netos, que, além de encontrarem um bairro mais urbanizado e integrado à cidade, puderam acessar instituições de ensino superior. Esse cenário nos leva à dimensão dos possíveis arranjos experimentados por moradores de bairros de expansão urbana. O trabalho que culminou no livro apresentado é resultado de uma tese de doutoramento realizado no Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política da Universidade Estadual do Norte-Fluminense Darcy Ribeiro entre os anos de 2013 e 2016. As metodologias utilizadas foram: pesquisa documental, entrevistas abertas semiestruturadas e etnografia. A partir de uma experiência de trabalho no bairro de Custodópolis, pôde-se compreender alguns aspectos da sociabilidade dos moradores da localidade no próprio bairro e na cidade como um todo.
  • Verticalização e trabalho docente nos Institutos Federais
    2021
    Neste livro podemos encontrar o resultado da análise do trabalho docente no âmbito da verticalização do Instituto Federal de Brasília (IFB) a partir das determinações específicas da educação profissional e tecnológica (EPT) na totalidade de uma política educacional, que se insere no sistema capitalista com suas contradições e mediações. Foi possível perceber que o trabalho docente na verticalização é marcado por ambiguidades, resultando em pares dialéticos. A política educacional levou uma instituição educacional nova para lugares antes desfavorecidos de EPT, mas não necessariamente ofereceu infraestrutura adequada para a realização da verticalização e integração educacional. A não formação docente apareceu marcadamente como um dos elementos que dificultam a integração da educação básica à superior. A polivalência por nível de ensino foi percebida tanto como vantagem quanto desvantagem para o corpo docente do IFB. Os professores pouco se perceberam como parte de um coletivo de trabalhadores da educação, levando a um movimento que tem momentos de coletividade e individualidade na ação docente. A fragmentação do trabalho docente cria empecilhos para a integração da educação básica à superior, ratifica o individualismo e desencoraja o movimento associativo entre os professores. A fragmentação é também resultado da intensificação do trabalho, uma vez que essa sobrecarga reflete no sentido que o professor dá ao trabalho docente e no estabelecimento da identidade docente enquanto uma coletividade. O par satisfação-insatisfação trazido pelo trabalho docente desvelou o princípio da verticalização, apoiado em parte pelos professores do IFB, mas não como está posto na materialidade da constituição da premissa da verticalização. O IFB se mostrou como uma possibilidade no cenário educacional do DF. Trata-se de uma instituição situada em um momento histórico determinado, na qual o trabalho docente pode atuar no processo de formação humana e na perspectiva de outra educação para os que vivem do trabalho.
  • Série Pra começo de conversa, volume1 - A melhor companhia A melhor companhia - Pra começo de conversa, vol. 1
    2020
    O livro é uma obra de ficção que traz temas sobre o cotidiano da Educação Profissional e Tecnológica de uma forma leve e descontraída. A rotina de um grupo de cinco amigos que estudam no Instituto Federal é narrada mostrando suas expectativas, desafios e sonhos. Cada um dos personagens traz uma realidade distinta. Ao longo de suas jornadas no Instituto Federal eles passam por situações variadas como as que acontecem nos corredores das escolas. A história conta com um personagem coadjuvante que rouba a cena ao longo dos capítulos. Para quem já fez ou faz parte do Instituto Federal, o livro é uma oportunidade de trazer às memórias lembranças sobre a rotina dos Institutos. Para quem não conhece a Educação Profissional e Tecnológica, a obra contribui para que os leitores por meio da imaginação tenham contato com o trabalho importante feito pelos Institutos Federais.
  • Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica no enfrentamento à COVID-19
    2020
    As instituições integrantes da Rede Federal (38 Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia; 2 Centros Federais de Educação Tecnológica e o Colégio Pedro II), apoiadas por seus docentes, técnicos-administrativos, alunos e demais voluntários, uniram suas habilidades e conhecimentos científicos e tecnológicas a sua sensibilidade e responsabilidade diante do drama social e da necessidade de enfrentar o maior problema de saúde pública deste século, a fim de minimizar seus impactos nocivos à vida humana nos diferentes e peculiares territórios de seu âmbito institucional. Nosso excelente modelo de educação gratuito, público e socialmente referenciado vem realizando uma miríade de iniciativas, tanto com recursos públicos quanto com doações privadas, produzindo e desenvolvendo dispositivos tecnológicos para ajudar e apoiar a população brasileira no combate à COVID-19, além de implementar um conjunto de ações sociais solidárias. Em grandes e pequenas cidades, bem como em lugares remotos onde os governos federal, estadual e municipal muitas vezes não chegam, as instituições da Rede Federal cumpriram seu papel, para que os profissionais de saúde fizessem seu trabalho, os pequenos produtores rurais pudessem comercializar seus produtos, e os alunos e suas famílias não morressem de fome. Este livro digital “Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica no Combate à COVID-19” detalha diversas atividades realizadas entre março e maio, como a produção de álcool 70%, a fabricação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), além de consertos de ventiladores mecânicos e o desenvolvimento de aplicativos para monitorar a evolução da pandemia. Apesar das dificuldades e incertezas dos últimos quatro meses, podemos afirmar que os investimentos em educação, ciência e tecnologia são essenciais para as transformações estruturais de um país, em benefício de suas instituições e de sua população.
  • Saberes e Experiências de Extensão em Promoção da Saúde
    2020
    Este livro relata a experiência do Programa Interdisciplinar de Promoção da Saúde – PIPS durante os seis anos de sua trajetória, num contexto de interiorização e expansão da Universidade Federal do Rio de Janeiro em Macaé. Trata-se de uma construção coletiva, que abarca experiências pessoais e de grupos, estratégias educativas inovadoras e diferentes saberes em promoção da saúde e modos de fazer a extensão universitária. Por meio da vivência de projetos que integraram o PIPS e trabalharam temáticas variadas, tais como alimentação saudável, aleitamento materno, arte e informação em saúde, o leitor poderá conhecer potencialidades e benefícios advindos da extensão, bem como desafios e maneiras para superá-los. É uma obra singular, inspiradora para todos e todas que já se aventuram, ou desejam se aventurar, pela extensão universitária.
  • Experiências exitosas da Reditec 2018: trabalhos premiados
    2019
    O livro "Experiências exitosas da Reditec 2018: trabalhos premiados" reúne dez capítulos de autores que tiveram seus resumos premiados na "Mostra de Experiências Exitosas do Reditec 2018" e que encaminharam seus trabalhos completos, em versão bilíngue (português e inglês), de modo a ampliar a abrangência de sua divulgação. Os autores relatam soluções desenvolvidas no âmbito das instituições ligadas à Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, sobre diferentes temas e ações do ensino, da pesquisa e da extensão, fomentando, assim, a apropriação de pesquisas, sistemas, ferramentas, metodologias e demais produções que contribuíram para o desenvolvimento institucional e da própria Rede.
  • Rumorejos do Monte Himalaya - Memórias Fluminenses, volume 5 Rumorejos do Monte Himalaya - Memórias Fluminenses, vol. 5
    2019
    Publicado em 1894, Rumorejos do Monte Himalaya é o primeiro livro da escritora Amelia Gomes de Azevedo (1866-1929). A obra, dividida em duas partes, contém textos publicados pela autora em diversos periódicos nacionais, bem como textos em francês. Desfilam, em suas narrativas, além de personagens fictícios, alguns personagens históricos como Cristóvão Colombo e D. Pedro II. Ao mesmo tempo que detectamos um forte componente do romantismo (personagens solitários e sofredores, índio cavalheiresco, exuberante paisagem tropical), também é possível encontrar pistas que apontam para um tempo de intensas transformações sociais, como a transição do trabalho escravo para o assalariado e da monarquia para a república. A Série Memórias Fluminenses busca recuperar com a obra esse nome feminino da literatura regional, com textos que nos trazem pistas sobre um período ainda pouco conhecido e pouco estudado da região noroeste fluminense, como foram as últimas décadas do século XIX.  
  • Historia do descobrimento e povoação da cidade de S. João da Barra e dos Campos dos Goytacazes antiga capitania da Parahyba do Sul e da causa e origem do levante denominado — dos fidalgos — acontecido no meado do seculo passado. Dividida em tres partes - Memórias Fluminenses, volume 4 Historia do descobrimento e povoação da cidade de S. João da Barra e dos Campos dos Goytacazes antiga capitania da Parahyba do Sul e da causa e origem do levante denominado - dos Fidalgos - acontecido no meado do século passado. Dividida em tres partes - Memórias Fluminenses, vol. 4
    2019
    O livro de autoria de Fernando José Martins foi publicado em 1868, sendo “uma das primeiras e mais importantes obras já escritas sobre o município de São João da Barra e das origens históricas de Campos dos Goytacazes” servindo até os dias atuais como direção para os pesquisadores da história desses municípios e também de outras cidades vizinhas. Abordando um vasto período histórico e uma ampla extensão fluminense, Fernando Martins vai inserindo o leitor no universo da época, através de narrações que permitem uma viagem ao passado e uma reconstrução das questões apresentadas. Dessa forma, sua leitura é de amplo interesse para aqueles que procuram conhecer um pouco mais sobre como eram as atuais regiões norte/noroeste fluminense e seu entorno nos séculos anteriores.
  • Temas em Educação Profissional e Tecnológica Temas em Educação Profissional e Tecnológica
    2019
    A publicação que ora se apresenta é resultado de pesquisas cujo eixo condutor é a Educação Profi ssional e Tecnológica (EPT). A coletânea é composta por quinze capítulos e objetiva contribuir para a ampliação dos debates acerca dessa modalidade de ensino que, apesar de sua expansão nos últimos dez anos, ainda carece de mais estudos. Com a intenção de contribuir com a ampliação de estudos e de metodologias de ensino-aprendizagem que envolvem a EPT, os autores (doutores, mestres e mestrandos) refletem sobre as realidades local e nacional, apresentam ensaios teóricos, resultados de suas pesquisas de campo e relatos de experiências vivenciadas nos programas de pós-graduação de que fazem parte. Portanto, os textos presentes na obra versam acerca de temas como: EPT, políticas educacionais para a EPT, práticas de ensino-aprendizagem na/para a EPT, currículo, formação docente, educação científica,relação ciência-tecnologia-sociedade, entre outros.   
  • Revisão Histórica sobre o estado trófico de lagoas costeiras do Estado do Rio de Janeiro Revisão Histórica sobre o estado trófico de lagoas costeiras do Estado do Rio de Janeiro
    2019
    Este livro faz uma avaliação de mudança de estado trófico das principais lagoas costeiras fluminenses entre os anos de 1980 e 2015. Mostra um cenário de eutrofização histórico das lagoas costeiras que é anterior ao atual cenário de urbanização e ocorre tanto nas lagoas urbanas quanto em lagoas localizadas em áreas protegidas, sugerindo que o planejamento na ocupação  demográfica de bacias hidrográficas, ações de saneamento e manejo de canais de ligação com o mar podem ser medidas capazes de minimizar o impacto negativo de atividades como urbanização, turismo, agricultura e pecuária sobre as lagoas costeiras.  
  • O MITO DA PRAIA DEMOCRÁTICA: um ensaio sobre Ipanema, sua bossa e seus banhistas O mito da praia democrática: um ensaio sobre Ipanema, sua bossa e seus banhistas
    2019
    O livro "O mito da praia democrática: um ensaio sobre Ipanema, sua bossa e seus banhistas" é um mapeamento das tribos e de seus territórios encontradas à beira-mar. A praia, que lança modismos e, verão após verão, inaugura transgressões comportamentais, é também uma região moral, onde farofeiros jamais serão bem-vindos. Se, por um lado, seus frequentadores podem fumar maconha em público ou beijar tranquilamente pessoas do mesmo sexo, por outro, devem se encaixar em padrões dominantes de classe social. A Ipanema cosmopolita é a mesma que teme se “copacabanizar” com a chegada do metrô. No Brasil, as praias são terras de marinha. Seu acesso é quase sempre público e universal. No entanto, existem ‘praias e praias’ e que cada um deve encontrar a sua. Nesta obra, o leitor poderá identificá-la ou, quem sabe, descobrir o seu lugar na faixa de areia.
  • Formando os cidadãos fluminenses: a escola primária no Estado do Rio de Janeiro durante a Primeira República. Formando os cidadãos fluminenses: a escola primária no Estado do Rio de Janeiro durante a Primeira República.
    2019
    Este livro tem como questão central a compreensão da maneira que se efetivaram as políticas de educação operadas pelos diferentes grupos oligárquicos fluminenses ao longo da Primeira República, e quais impactos representaram no cotidiano escolar, tomando o município de Campos como posição de análise. Assim, o principal objetivo do livro é contribuir para a redução do silêncio existente em relação à escolarização primária no interior do estado do Rio de Janeiro, sobretudo na região Norte Fluminense. Outro objetivo é mapear a atuação das escolas públicas e privadas de Campos num contexto de transformações socioespaciais que marcaram o período da Primeira República, identificando o lugar da escola na cidade. O trabalho também procura identificar no processo de escolarização primária em Campos os reflexos do pensamento político fluminense, marcado pelo conservadorismo agrarista. Por fim, busca-se fornecer subsídios para que as escolas criadas naquele período e ainda existentes conheçam melhor sua história e o contexto em que foram criadas, se possível colaborando para a organização de seus arquivos escolares e centros de memória. A obra está estruturada em cinco capítulos que buscam articular as características políticas da Primeira República, o lugar ocupado pela educação primária nos projetos republicanos de sociedade e as experiências de escolarização primária vivenciadas no município de Campos dos Goytacazes na virada do século XIX para o século XX.
  • Engenharia e Ciências ambientais Engenharia & Ciências Ambientais : contribuições à gestão ecossistêmica
    2019
    Engenharia e Ciências ambientais: contribuições à gestão ecossistêmica", escrito por muitas mãos, nos leva pelos caminhos metodológicos de um conjunto de estratégias para minimizar impactos negativos, de diversas naturezas, na utopia de um ambiente sustentável. Com as pesquisas e debates descritas pelos autores, evidencia-se a necessidade da luta permanente e resiliente para a busca de soluções apropriadas, na gestão consequente e com pertencimento, em prol da qualidade ambiental. A qualidade das pesquisas com foco na sustentabilidade ambiental no Brasil perpassa, inevitavelmente, por estratégias e metodologias que viabilizem as parcerias interinstitucionais e pelo fortalecimento dos grupos de pesquisa voltados para soluções técnico-científicas com entendimento holístico do ambiente. Reflexões e exemplos de ações exitosas e de práticas inovadoras são abordados no esforço intelectual empreendido por esta obra. Assim, perfazendo “meandros” e “trilhas” em busca de soluções técnico-científicas, estabeleceu-se uma “rede” de investigação e conhecimentos com as contribuições dos pesquisadores convidados. São trabalhos resultantes de pesquisas nas temáticas “Gestão das águas e de áreas protegidas” e “Estudos ecológicos e geotecnologias aplicados à gestão ecossistêmica”. Mais do que a busca de uma gestão ecossistêmica à “luz” da sustentabilidade ambiental, dialoga-se e trocam-se experiências com estudiosos vocacionados e comprometidos politicamente com as causas ambientais.  
  • Memórias Fluminenses - Estudos agrícolas - volume 3 Estudos Agricolas - Memórias Fluminenses, vol. 3
    2017
    O livro "Estudos Agrícolas" foi publicado originalmente em dois tomos: o primeiro veio a público em 1872 e o segundo em 1875. Primeira grande obra assinada por João José Carneiro da Silva, foi sucedida por outras que nutriam sua preocupação com assuntos ligados à agricultura: Estudos sobre a Quina, Memórias sobre Estudos e Enxertos de Canas e a tradução do Relatório de Burton sobre o Engenho da Martinica, que serviu de base para a implementação do Engenho Central de Quissamã.  
  • Chapeuzinho vermelho - de Perrault ao ciberespaço Chapeuzinho Vermelho: de Perrault ao ciberespaço
    2017
    Este livro é um passeio pelos bosques penetrados por Chapeuzinho Vermelho de Perrault, século XVII, aos dias atuais. Com a obra, o leitor tem a oportunidade de conhecer a menina que atravessou tempos e espaços, trocou de acessórios e chegou viva no imaginário infantil no século XXI. O texto é fruto de um trabalho de dois anos no seio do curso de Mestrado em Cognição e Linguagem, na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.                               
  • Escola de aprendizes e artífices de Campos: História e imagens Escola de aprendizes e artífices de Campos: História e imagens
    2017
    O presente trabalho busca contribuir com a história da Escola de Aprendizes Artífices de Campos por meio do uso da fotografia combinado com fontes complementares, como as fontes orais e a imprensa periódica. Para tanto, foi proposta a abordagem histórico-semiológica na análise das imagens. A escola campista, bem como as demais, se revelou frágil para manter os jovens menos favorecidos frequentando seus cursos profissionalizantes. As fotografias registraram uma escola com alunos em precárias condições econômicas, mas também revelaram a própria inabilidade do estabelecimento de ensino – com índices abaixo da média nacional – em manter um projeto adequado dentro daquilo que se propunha, apesar de a cidade ter gozado de relativo privilégio político e geoeconômico, à época.             
  • Políticas para a educação profissional: a trajetória histórica da Escola Técnica Estadual Agrícola Antônio Sarlo Políticas para a educação profissional: a trajetória histórica da Escola Técnica Estadual Agrícola Antônio Sarlo
    2017
    Este trabalho tem como tema as políticas públicas voltadas para a educação prossional agrícola em Campos dos Goytacazes (RJ). A instituição escolar lócus desta iniciativa de pesquisa é a Escola Técnica Estadual Agrícola Antonio Sarlo, criada nos anos de 1955-56 com o intuito de estimular a melhoria da produtividade agropecuária na região, especialmente da cana-de-açúcar. A pesquisa apresenta parte da história da escola, tentando compreender as forças políticas mobilizadas durante a sua trajetória, especialmente na atualidade, bem como a influência dos aspectos econômicos regionais nesse percurso. Por décadas, a instituição desfrutou de uma posição singular por ser a única escola voltada para a formação de técnicos em agropecuária da região. Apesar disso, atualmente se constata que essa instituição tem passado por um processo de declínio no cenário educacional devido à redução acentuada do número de matrículas para o curso técnico. Finalmente, este livro busca diminuir entre professores e pesquisadores a carência de materiais disponíveis sobre a educação profissional agrícola, que na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica se coloca como uma das primeiras entre as mais procuradas pelos jovens brasileiros.           
  • Igreja e pedofilia: uma crítica cultural a partir dos mecanismos linguístico-avaliativos Igreja e pedofilia: uma crítica cultural a partir dos mecanismos linguístico-avaliativos
    2017
    A religião, enquanto forma das mais importantes para entender o mundo e os acontecimentos da vida, pode ser compreendida, ainda hoje, como uma das principais instituições capazes de articular princípios e regras de conduta social. Isso não significa que o conjunto de condutas prescritas como desejáveis não possa ser infringido pela própria instituição. A admissão dessa situação não desconhece o sentido metafísico das práticas ritualísticas creditado por seus membros, nem desvincula necessariamente do sistema de verdade de que fazem parte essas práticas para subjugá-las aos critérios mais racionais da ciência, mas não exime a religião do que ela própria considera, do ponto de vista cristão, essencialmente secular, primariamente humano, como por exemplo, a avareza, a soberba e a luxúria. Igreja e pedofilia: uma crítica cultural a partir dos mecanismos linguístico-avaliativos prima por uma avaliação criteriosa e respeitosa de um tema caro em todos os sentidos a uma instituição de profundas raízes, cujo valor social encontra-se assomado à própria vida social: o envolvimento de clérigos católicos em casos de pedofilia. Ao tratar de uma abordagem relativamente nova e de um tema extremamente relevante social, cultural e religiosamente, o livro demonstra seu potencial para além do campo da Linguística, pois associa Sistema de Avaliatividade, conforme apontado por Martin e White (2005), Análise Crítica do Discurso, de acordo com Fairclough (2003) e estudos da religião.      
  • I CONPEJA - Congresso Nacional de Programas Educativos Para Jovens, Adultos e Idosos: Qualidade Em Questão I CONPEJA - Congresso Nacional de Programas Educativos Para Jovens, Adultos e Idosos: Qualidade Em Questão
    2017
    A Educação de Jovens, Adultos e Idosos é uma opção plural de elevada magnitude para a inclusão de parcela significativa da população no mundo do conhecimento. Tem-se, pois, a inserção educacional como alavanca para a inclusão de um segmento da população, com a agudeza da imersão de homens e mulheres no mundo do esclarecimento. E esclarecer é conhecer. Conhecer o universo e sua amplitude. Somar-se ao mundo do aclaramento. A obra organizada pelos professores Gerson Carmo e Carlos Marcio Lima – EDUCAÇÃO DE JOVENS, ADULTOS E IDOSOS: QUALIDADE EM QUESTÃO – é uma oportunidade reveladora e inclusiva. Apraz pela valorização do conhecimento arregimentado a tão nobre parte da população, que se faz sedenta de compreensão do mundo e de reconhecimento social. Emerge de ações edificadoras, que culminaram no I Congresso Nacional de Programas Educativos para Jovens, Adultos e Idosos (Conpeja). Com esse efeito, trata-se de uma obra desafiadora para arremeter reflexões científicas a um público que, se alijado de conhecimento, tornar-se-ia ainda mais frágil. Cumpre-se, assim, a missão honrosa de educar, esclarecer e, mais do que isso, de incluir.
  • Abolicionismo em Ação: O jornal Vinte e Cinco de Março em Campos dos Goytacazes (1884-1888) Abolicionismo em Ação: O jornal Vinte e Cinco de Março em Campos dos Goytacazes (1884-1888)
    2015
    Esta obra analisa o contexto de surgimento do abolicionismo em Campos, com base no discurso do jornal abolicionista Vinte e Cinco de Março, fundado, na última década da escravidão no Brasil, por membros de classes médias urbanas do interior da província do Rio de Janeiro — Campos dos Goytacazes — município marcado por denso crescimento urbano e pelo poder econômico, social e político de grandes fazendeiros escravistas.                
  • A precarização do meio ambiente do trabalho e a consequência no lócus urbano A precarização do meio ambiente do trabalho e a consequência no lócus urbano
    2015
    O presente livro aborda o direito ao meio ambiente equilibrado, previsto constitucionalmente, sob a ótica das relações do trabalho urbano. Demonstra o paradoxo do valor atribuído à saúde do trabalhador a qual, apesar de prevista constitucionalmente como direito fundamental, é abandonada, a partir do pagamento de adicionais de insalubridade e periculosidade, para retribuir a perda do referido bem jurídico, que em princípio deveria ser sempre preservado.               
  • Famílias em território vulnerável: um estudo sobre proteção social em grupos populares Famílias em território vulnerável: um estudo sobre proteção social em grupos populares
    2015
    A relação entre território e vulnerabilidade é problematizada neste livro a partir de um estudo sobre proteção social de famílias em bairro segregado. Para tal, realizou-se um recorte local e elegeu-se o bairro de Custodópolis, localizado na cidade de Campos dos Goytacazes, ao norte do Rio de Janeiro, como território para análise do modo como se configuram os itinerários de proteção social das famílias nele residentes.            
  • Programa Tecnologia-Comunicação-Educação: congregando ações e saberes
    2015
    Este livro reúne relatos de experiências relacionadas ao uso pedagógico de tecnologias digitais, promovidas em salas de aula do Instituto Federal Fluminense campus Campos-Centro. No âmbito do Programa Tecnologia-Comunicação Educação (PTCE), desenvolvido no referido campus, são realizadas diversas ações, que visam incentivar o uso regular dessas tecnologias como instrumentos mediadores do processo de aprendizagem.                  
  • Tecnologias digitais na educação: pesquisas e práticas pedagógicas Tecnologias digitais na educação: pesquisas e práticas pedagógicas
    2015
    A leitura do livro constitui um mergulho na alma do profissional que, comprometido com a Educação, é capaz de desenhar seu amanhã no contexto escolar e no dia a dia empenha-se em construí-lo. Através da tecnologia, transformar a sala de aula num objeto de conhecimento e aprendizagem, com novas metodologias e conceitos para a educação brasileira.  
  • Itinerario da Freguezia do Senhor Bom Jesus do Itabapoana á Gruta das Minas do Castello - Memórias Fluminenses, vol. 2 Itinerario da Freguezia do Senhor Bom Jesus do Itabapoana á Gruta das Minas do Castello - Memórias Fluminenses, vol. 2
    2014
    O livro do naturalista Manoel Basilio Furtado é uma das mais antigas obras de que se tem notícia, sobre o atual município de Bom Jesus do Itabapoana nos primórdios de seu povoamento. Escrito em 1875 e publicado em 1884, o texto descreve uma Bom Jesus incipiente, tendo em vista que o nascedouro da cidade remonta à década de 40 daquele século.  
  • Memórias Fluminenses - Cyclo Aureo- História do primeiro centeránio de Campos - volume 1 Cyclo Aureo: Historia do 1º Centenario de Campos - Memórias Fluminenses, vol. 1
    2014
    Em ‘Cyclo Aureo’, a apresentação da cidade de Campos dos Goytacazes descortina-se para o leitor com riquíssimas referências sobre o desenvolvimento do município, dentre elas as questões sociais, políticas, econômicas, urbanísticas dando nos uma dimensão desse período que compreende na obra a ‘Creação da Cidade’; a ‘Administração Pública’ e ‘ A Cidade Incipiente’.        
  • Todavia: Poemas
    2014
    O livro do Prof. Arthur Soffi ati Todavia: poemas contem poemas escritos entre 1976 e 2013. São cerca de 60 poemas inéditos “sob clima de experimentalismo e diversas influências”.                  
  • Os manguezais do sul do Espírito Santo e do norte do Rio de Janeiro - 2ª edição revista, ampliada e atualizada Os manguezais do sul do Espírito Santo e do norte do Rio de Janeiro - 2ª edição revista, ampliada e atualizada
    2014
    Este livro passou por muitas mudanças desde que foi concebido, como se explica nos esclarecimentos à primeira edição. Para a segunda edição, ele foi refundido, ampliado e atualizado. A dinâmica do conhecimento é veloz. A dinâmica da realidade material também. As reflexões do autor sobre a Ecorregião de São Tomé, desde a primeira edição de Os manguezais do sul do Espírito Santo e do norte do Rio de Janeiro, exigiram uma nova estruturação do texto no seu todo. Deste modo, ajusta-se a estrutura textual a um melhor entendimento da região estudada. Entre a primeira e a segunda edições, o autor revisitou manguezais, registrou as mudanças sofridas por eles, buscou defendê-los junto ao Ministério Público, percebeu transformações na sensibilidade das pessoas quanto a eles e lamentou que, do ponto de vista estrutural, a situação continue basicamente a mesma. Se mudanças houve para melhor ou para pior, elas foram insignificantes. Os manguezais estão abandonados à própria sorte, sofrendo vilipêndios ou tentando valer-se de sua excepcional resiliência para recuperar-se dos golpes a eles infligidos. Como bem salientou o historiador francês Fernand Braudel, a velocidade das estruturas é muito lenta diante das mudanças de conjunturas e de acontecimentos. Além de ajustar o texto à realidade atual dos manguezais, o autor procurou compulsar o máximo possível da literatura especializada produzida nos últimos quatro anos. Da mesma forma, buscou conferir ao livro uma fisionomia mais científica, nunca perdendo de vista as expectativas do leitor leigo. Houve mais a registrar: os megaempreendimentos industriais e portuários entre Piúma (ES) e Barra do Furado (RJ), passando pelos complexos da Restinga de Marobá e do Açu. Refundida, ampliada e atualizada é esta a segunda edição solicitada pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação do Instituto Federal Fluminense e chancelada pela Essentia Editora, que vem divulgando as obras do autor.    
  • Gestão de águas no baixo Paraíba do Sul: região hidrográfica IX do estado do Rio de Janeiro Gestão de águas no baixo Paraíba do Sul: região hidrográfica IX do estado do Rio de Janeiro
    2014
    Este livro é voltado a todos aqueles que têm interesse pela gestão compartilhada de recursos hídricos: aspectos institucionais, sociais e territoriais, em especial professores, estudantes, gestores e pessoas engajadas na governança da água. Mais do que conclusões, oferece ao leitor reflexões práticas e teóricas buscando uma nova práxis fundada no fortalecimento da participação política e social. Trata diretamente das questões relativas aos recursos naturais de uso comum; da Política Nacional de Recursos Hídricos; da criação do Comitê do Baixo Paraíba do Sul; das inundações na Baixada Campista e; do balanço hídrico da cana-de-açúcar.
  • A cavalhada de Santo Amaro: uma tradição da baixada campista A cavalhada de Santo Amaro: uma tradição da baixada campista
    2013
    Este livro tem o intuito de fornecer registros sobre a cavalhada de Santo Amaro, uma cultura viva que persiste desde o século XVIII até os dias atuais. Contribuindo para o entendimento de sua estrutura interna, ritual e sua inserção na festa de Santo Amaro. Ela é realizada no dia 15 de Janeiro, no 3º Distrito do Município de Campos dos Goytacazes, denominado Santo Amaro de Campos, localizado na Baixada Campista. Essa manifestação da cultura popular vem atravessando os séculos e de forma dinâmica se reestruturando e incorporando novas formas para a sua manutenção.
  • Dinâmica ambiental e produção do espaço urbano e regional no Norte Fluminense Dinâmica ambiental e produção do espaço urbano e regional no Norte Fluminense
    2013
    Esta obra, congregando uma multiplicidade de olhares de diferentes pesquisadores, apresenta um conjunto de artigos que analisa a dinâmica do ambiente e a complexidade da produção do espaço urbano e regional no Norte Fluminense. Os temas abordados destacam chuvas, enchentes, desastres, patrimônio, cidades, cultura e medo, com ênfase na compreensão de muitos desses aspectos nos principais núcleos urbanos regionais: Campos dos Goytacazes e Macaé.            
  • Formação de professores: histórias, experiências e proposições Formação de professores: histórias, experiências e proposições
    2013
    O livro atende a uma necessidade crucial do tempo presente, quando a educação básica se encontra praticamente universalizada. A ampliação do acesso à educação escolar coloca em pauta os avanços alcançados no processo de aprofundamento da vida democrática em nosso país. Porém, coloca em cena, também, o peso das desigualdades sociais sobre o ensino e a aprendizagem. Num mundo em que os espaços públicos estão se retraindo frente ao medo do desconhecido, do imprevisto que se esconde por trás da multidão e em que se percebe o gradativo reforço do individualismo, a escola assume um valor ainda maior pela contribuição que os professores podem oferecer, frente à distribuição desigual de oportunidades e ao imperativo de inserção dos indivíduos na sociedade. No seu trabalho pedagógico, os professores buscam articular as experiências individuais de seus alunos com a memória coletiva e a história nacional.      
  • O Belo ou o Útil?: Questionamentos e reflexões sobre o reflorestamento ambiental O Belo ou o Útil?: Questionamentos e reflexões sobre o reflorestamento ambiental
    2013
    Este livro versa sobre árvores, seus aspectos estéticos e utilitários, e de nossa história em comum. Sem a pretensão de querer esgotar o assunto, apenas aborda, de forma sintética e dinâmica, diversos temas concernentes as árvores que nos fazem refletir sobre a ambiguidade de nossa relação com as mesmas. Precisamos sobreviver, mas poderemos sobreviver sem elas? Qual a importância das árvores para diversas culturas? Como elas surgiram, evoluíram e como estão sendo sistematicamente extintas por nossas mãos? Quais as consequências desta devastação? É possível reverter esta extinção? Quem pagará por isso? As coisas belas têm que ser úteis ou as coisas úteis tem que ser belas? Que tais questionamentos sirvam como partida para mais reflexões, contribuindo para um debate que, além das paixões pessoais, nos leve a um caminho mais cooperativo com nossas coirmãs evolucionárias: as árvores.      
  • As Lagoas do Norte Fluminense: contribuição à história de uma luta As Lagoas do Norte Fluminense: contribuição à história de uma luta
    2013
    Uma coletânea de artigos, ensaios e entrevistas produzida pelo professor e historiador Arthur Soffiati, na sua luta do dia a dia pela defesa do homem e da natureza dos Campos dos Goytacazes, à frente do Centro Norte Fluminense para conservação da Natureza no período entre 1978 e 1991. É, antes de tudo, a saga de um idealista, precursor da ecologia social e da política que, mais do que ninguém, soube entender e denunciar que a miséria humana na região e a destruição dos ecossistemas lacustres dos Campos dos Goytacazes são produtos acabados de um mesmo perverso modelo de desenvolvimento, centrado na repodrução e concentração de renda.     
  • PROEJA refletindo o cotidiano
    v. 2 (2012)
    Este livro é uma coletânea de artigos científicos sobre a modalidade da Educação de Jovens e Adultos,sua história e programas governamentais como o PROEJA, elaborados, em sua maioria, pelos(as) estudantes doPrograma de Pós-Graduação Lato-Sensu PROEJA do Instituto Federal Fluminense.
  • PROEJA refletindo o cotidiano
    v. 1 (2012)
    Este livro é uma coletânea de artigos científicos sobre a modalidade da Educação de Jovens e Adultos,sua história e programas governamentais como o PROEJA, elaborados, em sua maioria, pelos(as) estudantes doPrograma de Pós-Graduação Lato-Sensu PROEJA do Instituto Federal Fluminense.
  • Descrição do MOHID Descrição do MOHID
    2012
    Este livro descreve o sistema MOHID de modelagem tridimensional de um corpo d’água. Os modelos que compreendem o MOHID foram desenvolvidos por uma grande equipe de técnicos colaboradores do centro de investigação MARETEC em cooperação próxima com a empresa Hidromod Ltda3 desde os meados dos anos 80, e incluem contribuições de uma equipe permanente de pesquisadores, de alunos de doutorado dos Programas de Engenharia Ambiental e Mecânica, bem como de alunos do Curso de Mestrado em Modelagem de Ambientes Marinhos. Contribuições de outros grupos de pesquisa que incluem escolas e empresas de vários países têm igualmente sido relevantes para o desenvolvimento do MOHID.
  • Uso de Modelos Matemáticos na Gestão de Recursos Hídricos Uso de Modelos Matemáticos na Gestão de Recursos Hídricos
    2012
    Este livro reúne exemplos de aplicação de modelos matemático na gestão de recursos hídricos. Os casos abordados são todos eles focados em uma importante bacia hidrográfica fluminense, a do Rio Macaé. Por suas características peculiares, como a de drenar região heterogênea, tanto em termos de uso, quanto em topografia e cobertura vegetal, essa bacia se apresenta como um profícuo campo de estudos envolvendo modelagem. Os textos aqui apresentados se voltam para os aspectos qualitativos das águas do Macaé. Assim, os estudos discutidos vão do estabelecimento de índices de qualidade da água ao comportamento de poluentes eventualmente lançados no rio, seja em seu alto curso ou em sua região estuarina. Tem-se com essa obra um excelente recurso de apoio didático para as ações de proteção, conservação e melhorias da qualidade ambiental e dos sistemas naturais da região e de outras localidades. Além, é claro, de seu um bom recurso para se orientar e ordenar o processo de ocupação do território, visando à melhoria da qualidade de vida dos habitantes.  
  • Do Índio Goitacá à Economia do Petróleo: Uma Viagem pela História e Ecologia da Maior Restinga Protegida do Brasil Do Índio Goitacá à Economia do Petróleo: Uma Viagem pela História e Ecologia da Maior Restinga Protegida do Brasil
    2011
    Esta obra leva o leitor a um universo rico e diversificado de informações sobre a maior restinga do litoral brasileiro. Os primeiros capítulos descrevem a formação da Restinga de Jurubatiba e sua ocupação pelo homem, assim como a relação de seus habitantes com o ambiente. A biodiversidade e a ecologia da flora, da fauna e das lagoas costeiras são apresentadas de maneira didática e com muita precisão científica. A riqueza de informações, muitas delas inéditas, é fruto de mais de uma década de intensas pesquisas do próprio autor e de vários estudiosos brasileiros e estrangeiros. Os capítulos finais são dedicados à análise das alterações ambientais e do acelerado processo de urbanização desordenado, que tem caracterizado a ocupação da região Norte Fluminense, especialmente depois da instalação da economia do petróleo. Ao longo dos quatorze capítulos, é chamada a atenção do leitor para os principais motivos pelos quais a sociedade norte-fluminense deve, em caráter de extrema urgência, conciliar a exploração do petróleo com a preservação dos ecossistemas, condição sine qua non para o desenvolvimento humano da região.
  • Educação e Tecnologia - um percurso interinstitucional Educação e Tecnologia - um percurso interinstitucional
    2011
    A ideia de construir esse livro surgiu a partir das pesquisas realizadas pelo grupo de doutorandos do Curso de Pós Graduação em Informática na Educação (convênio interinstitucional UFRGS-IFF-IFRJ). Trata-se de uma coletânea de trabalhos que se pautam em perspectivas multidisciplinares e intercontextuais que, ao interpretar teorias, apresenta e discute propostas de aperfeiçoamento quanto à prática docente contemporânea. A obra está organizada em capítulos, nos quais os autores apresentam seus diferentes pontos de vista a respeito das diversas linhas de pesquisa na área de Informática Educativa. Essa leitura rica e diversa tem o propósito de convidar o leitor a viajar pela temática da Pesquisa em Educação, com foco na indissociabilidade entre pedagogia e tecnologia, atendendo ao público mais diverso, do leigo interessado ao pesquisador experiente.
  • Ferramentas e instrumentos de medidas elétricas Ferramentas e instrumentos de medidas elétricas
    2011
    O principal objetivo deste livro é tornar facilmente compreensíveis os princípios de Equipamentos de Medidas e Ferramentas, satisfazendo as necessidades não só dos Programas Acadêmicos de Engenharia Elétrica, mas também do currículo de Cursos Técnicos.Este livro exige como pré-requisito conhecimentos básicos em Teoria de Circuitos e Fundamentos de Eletrônica em estado sólido. O material aqui apresentado foi desenvolvido a partir de rotinas de aula de práticas de Medidas Elétricas.A obra parte de duas premissas: primeira é saber que a magia compreendida é mais segura e poderosa que a magia não conhecida. Este não é um livro do tipo pegue-e-faça. Não veja as ilustrações procurando como desparafusar essa parte ou aquela, mas como uma forma de conhecer melhor o que esta acontecendo por dentro de todos esses componentes que passam a ser menos formidáveis quando alguma coisa realmente dá errado; a segunda premissa, que vai além deste livro, é que o conhecimento em si vale à pena e é um objetivo bastante proveitoso e agradável.
  • Ludoteca de Química para o ensino médio Ludoteca de Química para o Ensino Médio
    2011
    Este livro foi elaborado com o objetivo de oferecer aos professores que atuam no Ensino Médio uma opção para diversificar as atividades escolares desenvolvidas nas aulas de química. Os conteúdos de química abordados nas atividades lúdicas foram selecionados visando o desenvolvimento das habilidades que devem ser trabalhadas segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais.
  • Mínima Poética Mínima Poética
    2011
    Rompendo com as ortodoxias que minimizam o pensar, enquanto reflexo de projeções interiores, e rastreando caminhos que levam à gênese do pensamento mítico, Mínima Poética, em contato com o mundo, faz falar a transpalavra que o homem, em seu viver vertiginoso, não ouve, não apreende seus sons e tons. O pensamento é, assim, em Mínima Poética, o discurso em seu sentido primeiro, não elaboração de ideias já geradas e faturadas, nem deliberação de conclusões: apenas e tão somente contato direto com o mundo sensível ou com o mundo imediato psíquico, palavra viva e única.  
  • Pesquisando o PROEJA através do Ensino de Ciências da Natureza Pesquisando o PROEJA através do Ensino de Ciências da Natureza
    2011
    O livro aborda, através de pesquisas, o estudo de ciências naturais no método de ensino PROEJA, de forma que seja integrado à esse método disciplinas e assuntos coerentes com a vida destes jovens e adultos e seu crescimento socio-econômico.
  • MOHID: interfaces gráficas do usuário: Manual do usuário MOHID: interfaces gráficas do usuário: Manual do usuário
    2010
    Este livro explica a utilização do MOHID (Sistema de Modelagem de Água) através de imagens e explicações de sua interface gráfica.
##common.pagination##