Monitoramento da qualidade da água do rio Paraíba do Sul na UPEA, Campos dos Goytacazes, RJ

  • Tâmmela Cristina Gomes Nunes
  • Gabriel da Glória Menezes
  • Sérgio Luiz Gonçalves Batista
  • Vicente de Paulo Santos de Oliveira
Palavras-chave: Qualidade de água. Análises físico-químicas e microbiológicas.

Resumo

Alterações na concentração dos indicadores da qualidade de água do rio Paraíba do Sul, ocasionada pela grande carga de poluição, podem afetar o comportamento químico da água e seus usos mais relevantes, como o abastecimento de milhões de pessoas do sudeste brasileiro. Diante desse contexto, o objetivo deste trabalho é monitorar a qualidade de água do rio Paraíba do Sul em frente à Unidade de Pesquisa e Extensão Agroambiental - UPEA (campus Rio Paraíba do Sul). Realizou-se ensaios físico-químicos e microbiológicos da água e os resultados analíticos foram comparados com a resolução 357/2005 do CONAMA. Foram encontrados valores maiores que o permitido de turbidez na estação chuvosa que ocorre maior arraste de argilo-minerais e alguns valores de coliformes termotolerantes estavam acima do limite estipulado para um monitoramento anual.

Biografia do Autor

Tâmmela Cristina Gomes Nunes
Mestranda em Ciências Naturais, Pós-Graduanda em Educação Ambiental, professora do Governo do Estado do Rio de Janeiro.
Gabriel da Glória Menezes
Técnico em Meio Ambiente. Bolsista de IC do IFFluminense – UPEA.
Sérgio Luiz Gonçalves Batista
Mestre em Engenharia dos Materiais, Coordenador do LabFoz, IFFluminense – UPEA.
Vicente de Paulo Santos de Oliveira
Doutor em Engenharia Agrícola e Professor do Mestrado em Engenharia Ambiental do IFFluminense – UPEA.