Caracterização de bactérias ácido láticas autóctones de Bom Jesus do Itabapoana/RJ: ação antagonista contra Listeria monocytogenes e provas bioquímicas

Palavras-chave: Antimicrobiano, Segurança Alimentar, Isolamento, Bactérias selvagens, Inibição

Resumo

Bactérias Ácido Láticas (BAL) são utilizadas na elaboração de produtos lácteos e fermentados industriais ou artesanais, e apresentam uma vasta diversificação, podendo influenciar na caracterização dos produtos e na garantia da segurança do alimento. O presente trabalho visa isolar e caracterizar BAL autóctones de Bom Jesus do Itabapoana/RJ, oriundas de leite cru e queijo frescal artesanal, verificando seu potencial antagônico frente a L. monocytogenes, de produção de diacetil e o perfil de lactofermentação. Para o isolamento foram utilizados os meios MRS e M17, incubados a 37 ºC e 30 ºC por 48 h, respectivamente. Dez cepas que apresentaram características para BAL foram avaliadas quanto à ação antagônica frente ao patógeno, à produção de diacetil e ao perfil de lactofermentação. Sete delas apresentaram ação antagonista, produção de diacetil e lactofermentação do tipo caseoso, enquanto três não apresentaram ação antagônica e produção de diacetil, porém uma manteve o tipo de lactofermentação caseoso e duas apresentaram o tipo gelatinoso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Layne Gaspayme da Silva
Graduada em Ciência e Tecnologia de Alimentos (IFFluminense Campus Bom Jesus do Itabapoana). Mestranda em Ciência de Alimentos na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) – Campinas/SP – Brasil. E-mail: layne.gaspayme67@gmail.com.
Daniel Saraiva Lopes
Graduando em Ciência e Tecnologia de Alimentos no Instituto Federal Fluminense Campus Bom Jesus do Itabapoana/RJ – Brasil. E-mail: danielsaraiva15.ds@gmail.com.
Paula Aparecida Martins Borges Bastos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense Campus Bom Jesus do Itabapoana/RJ
Doutora em Medicina Veterinária (UFF). Médica Veterinária do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense Campus Bom Jesus do Itabapoana/RJ – Brasil. E-mail: pabastos@iff.edu.br.

Referências

ALEXANDRE, D. P. et al. Atividade antimicrobiana de bactérias lácticas isoladas de queijo-de-minas artesanal do Serro (MG) frente a microrganismos indicadores. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 54, n. 4, 2002. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352002000400014.

ALMEIDA JÚNIOR, W. L. G. Seleção de Bactérias do Ácido Lático (BAL) autóctones de leite caprino com potencial probiótico e avaliação funcional em queijo caprino artesanal. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Petrolina, 2015. Disponível em: http://www.univasf.edu.br/~cpgcvs/Dissertacao_Washington_Almeida.pdf. Acesso em: 23 set. 2020.

ANAL, A. K.; SINGH, H. Recent advances in microencapsulation of probiotics for industrial applications and targeted delivery. Trends in Foods Science & Technology, v. 18, n. 5, p. 240-251, 2007. DOI: https://doi.org/10.1016/j.tifs.2007.01.004.

AXELSSON, L. et al. Lactic acid bacteria: microbiology and functional aspects. 4. ed. New York: Marcel Dekker Inc., 2003.

BALCIUNAS, E. M. et al. Novel biotechnological applications of bacteriocins: A review. Food Control, v. 32, n. 1, p. 134-142, 2013. DOI: https://doi.org/10.1016/j.foodcont.2012.11.025.

BARTOWSKY, E. J.; HENSCHKE, P. A. The ‘buttery’ attribute of wine-diacetyl-desirability, spoilage and beyond. International Journal of Food Microbiology, v. 96, p. 235-252, 2004. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ijfoodmicro.2004.05.013.

BERESFORD, T. P. et al. Recents advances in cheese microbiology. International Dairy Journal, v. 11, n. 4-7, p. 259-274, 2001. DOI: https://doi.org/10.1016/s0958-6946(01)00056-5.

BONOMO, M. G.; RICCIARDI, A.; SALZANO, G. Influence of autochthonous starter cultures on microbial dynamics and chemical-physical features of traditional fermented sausages of Basilicata region. World Journal Microbiology Biotechnology, v. 27, p. 137-146, 2011. DOI: https://doi.org/10.1007/s11274-010-0439-y.

BRAMLEY, A. J.; MCKINNON, C. H. The microbiology of raw milk. In: ROBINSON, R. K. (ed.) Dairy Microbiology. New York: Elsevier Science Publishers, 1990. v 1. p. 163-208.

BRUMANO, E. C. C. Impacto do tipo de fermento endógeno na qualidade e tempo de maturação de queijo Minas artesanal produzido em propriedades cadastradas pelo IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária) na região do Serro – MG. 2016. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2016.

BRUNO, L. M. Microbiota lática de queijos artesanais. São Paulo: Embrapa Agroindústria Tropical, 2009. Disponível em: https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/748514/1/Doc124.pdf. Acesso em: 6 out. 2020.

BURNS, P. et al. Technological and probiotic role of adjunct cultures of non-starter lactobacilli in soft cheeses. Food Microbiol., v. 30, n. 1, p. 45-50, 2012. DOI: https://doi.org/10.1016/j.fm.2011.09.015.

CAPELLARI, J. B. Biossíntese de ácido láctico por Lactobacillus amylovorus a partir de resíduos agroindustriais. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Processos) - Universidade da Região de Joinville, Joinville, 2010. Disponível em: https://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&ved=2ahUKEwj22LHUke_vAhUwGrkGHdqzBKUQFjAAegQIAhAD&url=https%3A%2F%2Fwww.univille.edu.br%2Fcommunity%2Fmestrado_ep%2FVirtualDisk.html%2FdownloadFile%2F315644%2FDissertacao_Jaqueline_Boldt_Capellari.pdf&usg=AOvVaw1g72z6OT_y-d5oGh-2_Rnj. Acesso em: 23 out. 2020.

CASTRO, R. D. Queijo Minas artesanal fresco de produtores não cadastrados da mesorregião de Campo das Vertentes MG: qualidade microbiológica e físico química em diferentes épocas do ano. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/SMOC-9VUJ9C/1/disserta__o_final__renata_dias_de_castro_corrigida.pdf. Acesso em: 5 out. 2020.

CAVALCANTE, J. F. M. et al. Processamento do queijo coalho regional empregando leite pasteurizado e cultura lática endógena. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v. 27, p. 205-214, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cta/v27n1/35.pdf. Acesso em: 23 nov. 2020.

CHEN, H.; HOOVER, D. G. Bacteriocins and their food applications. Comprehensive Reviews in Food Science and Food Safety, v. 2, p. 82, 2003. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/pdf/10.1111/j.1541-4337.2003.tb00016.x. Acesso em: 13 ago. 2020.

COSTA, A. C. C. Isolamento de Bactérias Láticas Produtoras de Bacteriocinas e Avaliação de sua Atividade Frente a Patógenos Alimentares em Sistema de Bioconservação de Produto Lácteo. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016. Disponível em: https://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6628. Acesso em: 15 out. 2020.

COSTA, H. H. S. et al. Potencial probiótico in vitro de bactérias ácido-láticas isoladas de queijo-de-minas artesanal da Serra da Canastra, MG. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., v. 65, n. 6, p. 1858-1866, 2013. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-09352013000600038. Acesso em: 3 out. 2020.

COSTA, R. J. Isolamento e caracterização de bactérias ácido láticas obtidas de carne ovina e aplicação de substâncias antimicrobianas em linguiça ovina frescal no controle de Listeria monocytogenes Scott A. 2019. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2019.

DELAVENNE, E. et al. Biodiversity of antifungal lactic acid bacteria isolated from raw milk samples from cow, ewe and goat over one-year period. International Jounal of Food Microbiology, v. 155, n. 3, p. 185-190, 2012. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ijfoodmicro.2012.02.003.

DE SOUZA, T. P. et al. Mycrobiota of Minas artisanal cheese: Safety and quality. International Dairy Journal, v. 120, 2021. DOI: https://doi.org/10.1016/j.idairyj.2021.105085.

DUARTE, M. C. K. H. et al. Ação antagonista de Lactobacillus acidophilus frente a estirpes patogênicas inoculadas em leite fermentado. Journal of Bioenergy and Food Science, v. 3, n. 1, p. 1-10, 2016. DOI: https://doi.org/10.18067/jbfs.v3i1.79.

FIGUEIREDO, E. L. et al. Caracterização do Potencial Tecnológico e Identificação Genética de Bactérias Ácido Láticas Isoladas de Queijo do Marajó, Tipo Creme, de Leite de Búfala. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, Campina Grande, v. 18, n. 3, p. 293-303, 2016. Disponível em: http://www.deag.ufcg.edu.br/rbpa/rev183/rev1838.pdf. Acesso em: 24 maio 2021.

FONTANA, C. et al. Occurrence of antilisterial structural bacteriocins genes in meat borne lactic acid bacteria. Food Control, v. 47, p. 53-59, 2015. DOI: https://doi.org/10.1016/j.foodcont.2014.06.021.

FORSYTHE, S. J. Microbiologia da Segurança dos Alimentos. 2. ed. Porto Alegre, 2013.

FOX, P. F. et al. Fundamentals of cheese science. Gaithersburg: Aspen Publishers, 2000.

FUGELSANG, K. C.; EDWARDS, C. G. Wine microbiology: practical applications and procedures. 2. ed. New York: Springer, 2007.

GIAZZI, A. Caracterização e estudo do perfil tecnológico de bactérias ácido láticas isoladas de queijos tipo Minas artesanais e leite cru. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Alimentos) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2017. Disponível em: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3049. Acesso em: 23 out. 2020.

GOPAL, S. et al. Maltose and maltodextrin utilization by Listeria monocytogenes depend on an inducible ABC transporter which is repressed by glucose. PLoSone, v. 5, n. 4, 2010. DOI: https://doi.org/10.1371/journal.pone.0010349.

GUARCELLO, R. et al. A large factory-scale application of selected autochthonous lactic acid bacteria for PDO Pecorino Siciliano cheese production. Food Microbiology, v. 59, p. 66-75, 2016. DOI: https://doi.org/10.1016/j.fm.2016.05.011.

GUERRA, M. M; BERNARDO, F. M. A. Influência da microflora de cura na ocorrência de Listeria spp. em queijos tradicionais. Revista Portuguesa de Ciências Veterinária, Lisboa, v. 100, n. 555-556, p. 185-188, 2005. DOI: http://dx.doi.org/10.18067/jbfs.v3i1.79.

HERMANNS, G. et al. Isolamento e identificação de bactérias láticas supostamente bacteriocinogênicas em leite e queijo. Revista Acadêmica: Ciências Agrárias e Ambientais, v. 11, n. 2, p. 191-196, 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.7213/academica.11.002.AO10

HOLZAPFEL, H. W. et al. Taxonomy and important features of probiotic microrganisms in food in nutrition. The American Journal of Clinical Nutrition, v. 73, n. 2, p. 365S-373S, 2001. DOI: https://doi.org/10.1093/ajcn/73.2.365s.

HOR, Y. Y.; LIONG, M. T. Use of extracellular extracts of lactic acid bacteria and bifidobacteria for the inhibition of dermatological pathogen Staphylococcus aureus. Dermatologica Sinica, v. 32, p. 141-147, 2014. DOI: https://doi.org/10.1016/j.dsi.2014.03.001.

JAY, J. Modern Food Microbiology. 6. ed. New York: Springer, 2013.

LANCIOTTI, R. et al. Evaluation of diacetyl antimicrobial activity against Escherichia coli, Listeria monocytogenes and Staphylococcus aureus. Food Microbiology, v. 20, n. 5, p. 537-543, 2003. DOI: https://doi.org/10.1016/S0740-0020(02)00159-4.

LIMA, R. C. Atividade antagonista e perfil de resistência a antibióticos de bactérias ácido láticas isoladas de frutas tropicais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.

MAKAROVA, K. S.; KOONIN, E. V. Evolutionary genomics of lactic acid bacteria. Journal Bacteriology, v. 189, p. 1199-1208, 2007. DOI: https://dx.doi.org/10.1128%2FJB.01351-06.

MARTINS, M. C. F. Diversidade de bactérias láticas e identificação molecular de lactococcus isolados de ambientes lácteos e não lácteos. 2018. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2018.

MOGENSEN, G. et al. Food microorganisms - health benefits, safety evaluation and strains with documented history of use in foods. Bulletin of the International Dairy Federation, Montreal, n. 377, p. 4-9, 2003.

MORAES, P. M. et al. Protocols for the isolation and detection of lactic acid bacteria with bacteriocinogenic potential. LWT - Food Science and Technology, v. 43, n. 9, p. 1320-1324, 2010. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/j.lwt.2010.05.005.

NEVES, L. F. Propriedades probióticas in vitro de bactérias ácido-láticas isoladas de queijos artesanais do Norte de Minas Gerais e qualidade físico-química dos queijos. 2017. Dissertação (Mestrado em Produção Animal) - Universidade Federal de Minas Gerais, Montes Claros, 2017.

NIETO-ARRIBAS, P. et al. Technological characterization of Lactobacillus isolates from traditional Manchego cheese Caracterização Tecnológica de Bactérias Láticas Visando à sua Aplicação na Produção de Fermentos Láticos for potential use as adjunct starter cultures. Food Control, v. 20, p. 1092-1098, 2009. DOI: https://doi.org/10.1016/j.foodcont.2009.03.001.

OLIVEIRA, S. P. P. Características Físico-Químicas e Microbiológicas do Queijo Minas Artesanal do Serro Fabricados com Pingo e com Rala. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais Campus Rio Pomba-MG, 2018. Disponível em: https://mpcta.riopomba.ifsudestemg.edu.br/pdf/dissertacoes/2019/DISSERTA%C3%87%C3%83O_ALM_S%C3%82MYA_PETRINA_PESSOA_OLIVEIRA.pdf. Acesso em: 22 out. 2020.

OUWEHAND, A. C.; VESTERLUND, S. Antimicrobial components from lactic bacteria. Lactic Acid Bacteria: Microbiological and Functional Aspects. 3. ed. New York: Marcel Dekker, 2004.

PASSERINI, D. et al. New insights into Lactococcus lactis diacetyl- and acetoin-producing strains isolated from diverse origins. Food Microbiology, v. 160, p. 329-336, 2013. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ijfoodmicro.2012.10.023.

PELCZAR JR., M. J.; CHAN, E. C. S.; KRIEG, N. R. K. Microbiologia: conceitos e aplicações. 2. ed. São Paulo, SP: Makron Books do Brasil, Pearson Education do Brasil, 1997.

PEREIRA, V. G.; GOMÉZ, R. J. H. Atividade antimicrobiana de Lactobacillus acidophilus, contra microrganismos patogênicos veiculados por alimentos. Semina: Ciências Agrárias. Londrina, v. 28, n. 2, p. 229-240, 2012. DOI: https://doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n5p1839.

PINTO, C. L. O.; MARTINS, M. L.; VANETTI, C. D. Microbial quality of raw refrigerated milk and isolation of psychrotrophic proteolytic bacteria. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, v. 26, n. 3, 2006. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-20612006000300025.

RAMOS, A. C. S. M. et al. Elaboração de Bebidas Lácteas Fermentadas: Aceitabilidade e Viabilidade de Culturas Probióticas. Semina: Ciências Agrárias, v. 34, n. 6, p. 2817-2828, 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n6p2817.

REIS, J. A. et al. Lactic Acid Bacteria Antimicrobial compounds: characteristics and applications. Food Engineering Reviews, v. 4, n. 2, p. 124-140, 2012. DOI: https://doi.org/10.1007/s12393-012-9051-2.

RESENDE, M. F. S. Queijo Minas artesanal da Serra da Canastra: influência da altitude e do nível de cadastramento das queijarias nas características físico-químicas e microbiológicas. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/SSLA-87MJQY/1/dissert__mariadefatimasilvaderesende.pdf. Acesso em: 13 nov. 2020.

RESENDE, M. F. S. et al. Queijo de minas artesanal da Serra da Canastra: influência da altitude das queijarias nas populações de bactérias ácido lácticas. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 63, n. 6, p. 1567-1573, 2011. DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352011000600039.

ROLIM, F. R. L. et al. Avaliação in Vitro do Potencial Probiótico de Queijo Coalho Caprino Adicionado de Lactobacillus rhamnosus. Blucher Food Science Proceedings, v. 1, p. 431-432, 2014. DOI: http://dx.doi.org/ 10.5151/foodsci-microal-220. Acesso em: 27 ago. 2020.

RONCATTI, R. Desenvolvimento e caracterização do queijo Santo Giorno, típico do sudoeste do Paraná, produzido com leite cru e fermento endógeno. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2016. Disponível em: https://portaldeinformacao.utfpr.edu.br/Record/riut-1-1773/Similar. Acesso em: 11 set. 2020.

SABEDOT, M. A. et al. Correlação entre contagem de células somáticas, parâmetros microbiológicos e componentes do leite em amostras de leite in natura. Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da UNIPAR, v. 14, n. 2, 2011. Disponível em: https://www.revistas.unipar.br/index.php/veterinaria/article/view/4142/2585. Acesso em 18 ago. 2020.

SANTOS, A. S. Queijo Minas artesanal da microrregião do Serro-MG: efeito da sazonalidade sobre a microbiota do leite cru e comportamento microbiológico 73 durante a maturação. 2010. Dissertação (Mestrado em Produção Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, 2010. Disponível em: http://acervo.ufvjm.edu.br:8080/jspui/handle/1/721. Acesso em: 18 ago. 2020.

SCHITTLER, L. Isolamento e caracterização fenotípica e molecular de bactérias ácido lácticas bacteriocinogênicas em leite in natura da Região oeste de Santa Catarina. 2012. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2012.

SILVA, J. B. Ação antagonista de bactérias ácido láticas isoladas de queijos de coalho artesanal produzidos no agreste de Pernambuco. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina Veterinária) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Garanhus, 2019.

SILVA, N. Manual de métodos de análise microbiológica de alimentos. 3. ed. São Paulo: Varela, 2007.

SILVEIRA, L. P. M. et al. Antagonismo de bactérias ácido láticas autóctones de leite cru contra Staphylococcus aureus ATCC 12600 e Escherichia coli ATTC 25922. Revista Vértices, v. 21, n. 3, p. 443-451, 2019. DOI: https://doi.org/10.19180/1809-2667.v21n32019p443-451.

SOUZA, C. F.V.; ROSA, T. D.; AYUB, M. A. Z. Change in the microbiogical and physicochemical characteristics of serrano cheese during manufacture and repening. Brazilian Journal of Microbiology, v. 34, p. 260-266, 2003. DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-83822003000300016.

SWAMINATHAN, B. Listeria monocytogenes. In: SWAMINATHAN, B. Food microbiology: fundamentals and frontiers. 2. ed. Washington D. C.: ASM, 2001.

SWAMINATHAN, B.; GERNER-SMIDT, P. The epidemiology of human listeriosis. Microbes and Infection, v. 9, p. 1236-1243, 2007. DOI: https://doi.org/10.1016/j.micinf.2007.05.011.

TAMANINI, R.; GERNER-SMIDT, P. Antagonistic activity against Listeria monocytogenes and Escherichia coli from lactic acid bacteria isolated from raw milk. Semina: Ciencias Agrarias, v. 33, n. 5, p. 1877-1886, 2012. DOI: https://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n5p1877.

UECKER, J. N. Screening de bactérias ácido lácticas isoladas de leite e derivados com potencial probiótico. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2017. Disponível em: https://www.dctaufpel.com.br/ppgcta/manager/uploads/thesis/dissertacao_final_-_julia_uecker.pdf. Acesso em: 14 ago. 2020.

VÁZQUEZ-BOLAND, J. A., et al. Listeria pathogenesis and molecular virulence determinants. Clinical Microbiology Review, v. 14, p. 584-640, 2001. DOI: https://dx.doi.org/10.1128%2FCMR.14.3.584-640.

ZHANG, W.; JAYARAO, B. D. M.; KNABEL, S. J. Multi-Virulence-Locus Sequence Typing of Listeria monocytogenes. Applied and Environmental Microbiology, v. 70, n. 2, p. 913-920, 2004. DOI: https://doi.org/10.1128/aem.70.2.913-920.2004.

Publicado
04-04-2022
Como Citar
SILVA, L. G. DA; LOPES, D. S.; BASTOS, P. A. M. B. Caracterização de bactérias ácido láticas autóctones de Bom Jesus do Itabapoana/RJ: ação antagonista contra Listeria monocytogenes e provas bioquímicas. Revista Vértices, v. 24, n. 1, p. 194-208, 4 abr. 2022.
Seção
Artigos Originais

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##