A escrita de memoriais no ProfEPT: experiência e conhecimento

Autores

  • Sandra Aparecida Fernandes Lopes Ferrari Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Porto Velho/RO https://orcid.org/0000-0002-4252-3382
  • Iza Reis Gomes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Porto Velho/RO https://orcid.org/0000-0001-8668-1692

DOI:

https://doi.org/10.19180/1809-2667.v24n22022p531-540

Palavras-chave:

Escrita, Memoriais, Formação docente, Ensino Profissional

Resumo

Escrever academicamente é um exercício que envolve uma prática laboral. Neste artigo, o objetivo perpassa pela apresentação e análise de memoriais escritos por mestrandos do ProfEPT do IFRO Campus Porto Velho Calama. Refletir sobre a escrita de memoriais é a meta a ser alcançada quando solicitado o gênero como processo avaliativo. Na perspectiva humanizadora da EPT, supomos que a escrita de memoriais poderá levar o estudante a se autocriticar e autorrefletir sobre sua escrita, mobilizando várias configurações na dimensão pedagógica. Os pressupostos metodológicos utilizados neste artigo perpassam pela Pesquisa Aplicada, pautada numa experiência de escrita acadêmica por meio do gênero memorial, produzido pelos discentes do ProfEPT, na disciplina Seminário de Pesquisa. A escolha por três memoriais se deu devido às diferenças entre eles na oportunidade de mostrar as peculiaridades e caminhos de escolhas e ao trazer fatos e subjetividades ao gênero trabalhado. Como referencial dialogamos com teóricos, como Bakhtin (2006), Barthes (2004), Larrosa (2021) e Santos (2008). A reflexão a respeito dessa escrita se torna justificável pela possibilidade de o aluno de mestrado refletir sobre si e sua produção acadêmica no tocante às peculiaridades do ProfEPT. A escrita de memoriais no ProfEPT traz reflexões sobre o processo de escrita acadêmica e cogita o ponderamento a respeito do conhecimento necessário advindo de uma escrita híbrida, em que se pode mesclar os conhecimentos teóricos com reflexões interpretativas e subjetivas

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Aparecida Fernandes Lopes Ferrari, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Porto Velho/RO

Doutora em Teoria da Literatura pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Professora no Mestrado ProfEPT do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) – Porto Velho/RO – Brasil. E-mail: sandra@ifro.edu.br.

Iza Reis Gomes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Porto Velho/RO

Doutora em Sociedade e Cultura na Amazônia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Professora no Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional (ProfEPT) no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) – Porto Velho/RO – Brasil. E-mail: iza.reis@ifro.edu.br.

Referências

BARTHES, R. O grau zero da escrita: seguido de novos ensaios críticos. Trad. Mário Laranjeiras. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BAKHTIN, M. Metodologia das Ciências Humanas. In: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Trad. Paulo Bezerra. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006. [1974]. p. 393-410.

BERGAMASCHI, R. Escrita morte-origem em psicanálise. 2006. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina, 2006.

LARROSA, J. Tremores: escritos sobre experiência. Tradução: Cristina Antunes e João Wandeley Giraldi. 1. ed., 5. reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2021.

PASSEGGI, M. C.; BARBOSA, T. M. Memórias, memoriais: pesquisa e formação docente. Natal: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2008. Coleção Pesquisa (Auto)Biográfica & Educação.

SANTOS, B. S. Um discurso sobre as ciências. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

Publicado

16-09-2022

Como Citar

FERRARI, S. A. F. L.; GOMES, I. R. A escrita de memoriais no ProfEPT: experiência e conhecimento. Revista Vértices, [S. l.], v. 24, n. 2, p. 531–540, 2022. DOI: 10.19180/1809-2667.v24n22022p531-540. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/vertices/article/view/16562. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático: “A pesquisa em Educação Profissional e Tecnológica: temas, abordagens e fontes”