Estética e epistemologia na educação tecnológica: elementos em Freire e Marcuse

Autores

  • Emerson Pessoa Ferreira Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)

DOI:

https://doi.org/10.5935/1809-2667.20120062

Palavras-chave:

Estética, Educação Tecnocientífica, CTS

Resumo

A Estética, de forma concisa, é uma área da filosofia que estuda a Arte e a Beleza (e seus contraditórios inerentes). Suas inter-relações com a Educação e em especial com a Educação Tecnocientífica têm sido exploradas por alguns autores, mas o enfoque raramente contempla as dimensões ideológicas e epistemológicas mais sutis dessa articulação. Essas nuances têm sido negligenciadas sobretudo na formação de engenheiros, arquitetos e designers. É também notável a disjunção arbitrária entre a Estética ('sensações'), a Ética ('valores') e a Lógica ('verdades') que caracteriza muito de nossa cultura e dos nossos currículos, mormente os de cunho epistemológico pouco crítico. A perspectiva apontada como conclusão é a de que o enfoque CTS (Ciência Tecnologia e Sociedade) crítico na Educação Tecnológica, sempre que considerar o estético, convidará a uma abordagem educacional libertadora, na acepção que Paulo Freire dá ao termo, e que tem interfaces com a Teoria Crítica da Escola de Frankfurt, especialmente a filosofia de Herbert Marcuse. Sugere-se a necessidade de repensar as implicações práticas dessas coincidências e intersecções. O enfoque CTS crítico deve arguir, então, a partir de elementos da filosofia da tecnologia, dentre eles a Estética, quais as consequências da 'unidimensionalidade' para um projeto de homem e sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emerson Pessoa Ferreira, Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)

Doutor em Educação Cientifica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil. Professor do Instituto Federal de Santa Catarina, IFSC, Santa Catarina, Brasil. E-mail: emerxon@gmail.com.

Referências

FEYERABEND, Paul. Contra o Método. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves Editora S.A., 1977.

FLECK, Ludwik. La Génesis y el Desarollo de un hecho científico: Introducción a la teoria del estilo de pensamiento y del colectivo de pensamiento. Madrid: Alianza Editorial, 1986.

FREIRE, Paulo. A Importância do Ato de Ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Autores Associados: Cortez, 1989.

FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. 31. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2008.

GADOTTI, Moacir (Org.). Paulo Freire: uma bibliografia. São Paulo: Editora Cortez, 1996.

HEERTUM, Richard Van. Marcuse, Bloch and Freire: reinvigorating a pedagogy of hope. Policy Futures In Education, Oxford, v. 4, n. 1, p.45-51, 2006. Bimestral. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.2304/pfie.2006.4.1.45>. Acesso em: 01 jul. 2009.

HESSEN, Johannes. Teoria do Conhecimento. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

KUHN, Thomas S. A Estrutura das Revoluções Científicas. 7. ed. São Paulo: Perspectiva, 2003.

MARCUSE, Herbert. Eros e Civilização: Uma Interpretação Filosófica do Pensamento de Freud. 6. ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1975.

MARCUSE, Herbert. The Aesthetic Dimension: Toward a Critique of Marxist Aesthetics. Boston: Beacon Press, 1978.

SANTOS, Boaventura de Souza. Um Discurso Sobre as Ciências. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

SNOW, C. P. As Duas Culturas e uma Segunda Leitura. São Paulo: Edusp, 1995.

SUASSUNA, Ariano. Iniciação à Estética. 5. ed. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2002.

ZANETIC, João. Física também é cultura. São Paulo, 1989. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

ZANETIC, João. Física e arte: uma ponte entre duas culturas. In.: ENPEC - ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 7., 05 a 08 de junho de 2002, Águas de Lindóia – SP.

Downloads

Publicado

12-04-2013

Como Citar

FERREIRA, E. P. Estética e epistemologia na educação tecnológica: elementos em Freire e Marcuse. Revista Vértices, [S. l.], v. 14, n. 3, p. 103–116, 2013. DOI: 10.5935/1809-2667.20120062. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/vertices/article/view/1809-2667.20120062. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais