“Razão Antropofágica ou Repertório crítico?": Crítica à “Razão Antropofágica” como fundamento regulador e básico para legitimação de uma tradição crítica nacional

Autores

  • Márcio dos S. Freire

DOI:

https://doi.org/10.5935/1809-2667.20130013

Palavras-chave:

Haroldo de Campos, Formação, Antropofagia, Barroco, Tradição antinormativa

Resumo

Partindo de “leitura atenta” do ensaio “Da razão antropofágica: diálogo e diferença na cultura brasileira” de Haroldo de Campos, este artigo analisa e interpreta as posições de Haroldo de Campos face aos problemas próprios à cultura brasileira expostos em seu ensaio e a validade de sua tese de outra tradição crítica na cultura literária brasileira, oposta ao ponto de vista crítico esboçado na Formação da literatura brasileira, de Antonio Candido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcio dos S. Freire

Doutor em Letras/Teoria da Literatura pela Universidade Estadual Paulista . UNESP - São Paulo - Brasil. E-mail: marciosfreire@gmail.com. 

Referências

ANDRADE, M. de. Macunaíma: O herói sem nenhum caráter. Edição crítica Telê Porto Ancona Lopes. Coleção Archivos. México: Fondo de Cultura Económica, 1997. 589p.

ANDRADE, O. de. Manifesto antropófago. Obras completas: do Pau-Brasil à antropofagia e às utopias: Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978. p. 11-20.

ASSIS, M. de. A nova geração. Obra completa: Rio de Janeiro, 1959. v. 3.

CAMPOS, H. Da razão antropofágica. Diálogo e diferença na cultura brasileira. Metalinguagem e outras metas. 4 ed. São Paulo: Editora Perspectiva, 1992. p. 231-256.

CANDIDO, A. Dialética da Malandragem. O discurso e a cidade. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2004. P. 17-46.

CANDIDO, A. Formação da literatura brasileira. Momentos decisivos 1750-1880. 10 ed. revista pelo autor. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2006. 798p.

CANDIDO, A. Textos de intervenção. Seleção, apresentação e notas de Vinicius Dantas. São Paulo: Livraria Duas Cidades/Editora 34, 2002. 389p.

FILHO, A. G. Tupy or not tupy na era da internet. O Estado de São Paulo, São Paulo, 2 jul. 2011, Caderno Sabático, p. 6.

LIMA, L. C. Haroldo. O multiplicador. In: MOTTA, L. T. da (Org.). Céu acima. Para um ‘tombeau’ de Haroldo de Campos. São Paulo: Perspectiva, 2005. p. 119-130.

PAZ, O. Los hijos del limo. La casa de la presencia. Poesía e historia. Obras completas. Edición del autor. Mexico: Círculo de lectores. Fondo de Cultura Económica, 1999. p. 321-488.

SCHWARZ, R. Nacional por Subtração. Que horas são? São Paulo: Companhia das Letras, 1987. P. 29-48.

SCHWARZ, R. Um crítico na periferia do capitalismo. Pesquisa Fapesp, n. 98, São Paulo, abr. 2004, p. 12-19. Entrevista concedida a Luiz Henrique Lopes dos Santos e Mariluce Moura.

Downloads

Publicado

24-07-2013

Como Citar

FREIRE, M. dos S. “Razão Antropofágica ou Repertório crítico?": Crítica à “Razão Antropofágica” como fundamento regulador e básico para legitimação de uma tradição crítica nacional. Revista Vértices, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 165–195, 2013. DOI: 10.5935/1809-2667.20130013. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/vertices/article/view/1809-2667.20130013. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais