Índice de cone após colheitas mecanizadas de cana-de-açúcar no Norte Fluminense

Autores

  • Carmen Maria Coimbra Manhães Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF)
  • Ricardo Ferreira Garcia Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF)
  • Delorme Corrêa Júnior
  • Francisco Maurício Alves Francelino Instituto Federal Fluminense
  • Helenilson Oliveira Francelino Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), Campos dos Goytacazes/RJ

DOI:

https://doi.org/10.5935/1809-2667.20130033

Palavras-chave:

Compactação, Cambissolo, Saccharum spp.

Resumo

Este trabalho objetivou avaliar o índice de cone, nas profundidades de 0 a 0,3 m após colheitas mecanizadas de cana-de-açúcar crua, utilizando as colhedoras Case A8800 e Case A4000 na região Norte Fluminense. Os resultados foram analisados por meio da estatística descritiva, análise de variância e teste Tukey a 5% de probabilidade. O índice de cone mostrou que a área 2 está mais compactada que a 1. Na área 1, as camadas subsuperficiais do solo estão mais compactadas que a camada superficial. Na área 2, as diferentes profundidades estão igualmente compactadas, recomendando-se uma subsolagem nas duas áreas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carmen Maria Coimbra Manhães, Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF)

Engenheira Agrônoma, Doutoranda em Produção Vegetal na Universidade Estadual do Norte Fluminense – UENF – Campos dos Goytacazes/RJ - Brasil. E-mail: carmenmanhaes@yahoo.com.br.

Ricardo Ferreira Garcia, Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF)

Professor Associado do LEAG na na Universidade Estadual do Norte Fluminense – UENF – Campos dos Goytacazes/RJ - Brasil. E-mail: garciaa@uenf.br.

Delorme Corrêa Júnior

Engenheiro Agrônomo, Doutorando em Engenharia Agrícola na Universidade Federal de Lavras – Minas Gerais/MG - Brasil. E-mail: delormeminas@hotmail.com.

Francisco Maurício Alves Francelino, Instituto Federal Fluminense

Professor substituto no Instituto Federal Fluminense – Campos dos Goytacazes/RJ - Brasil. E-mail: francelinofma@yahoo.com.br.  

Helenilson Oliveira Francelino, Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), Campos dos Goytacazes/RJ

E-mail: helenilson1@hotmail.com.

Referências

CAVALIERI, K.M.V.; CARVALHO, L.A.; SILVA et al. Qualidade física de três solos sob colheita mecanizada de cana-de-açúcar. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 35, p.1541-1549, 2011.

Companhia Nacional de Abastecimento - CONAB. Acompanhamento da Safra Brasileira. Cana-de-açúcar. Terceiro levantamento, safra 2012/2013. Disponível em: http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/12_12_12_10_34_43_ boletim_cana_portugues_12_2012.pdf. Acesso em: 23 fev. 2013.

ECCO, M.; CARVALHO, L. A.; FERRARI, L. P. Variabilidade espacial da resistência do solo a penetração em área cultivada com cana-de-açúcar na safra 2008/2009. Agrarian, v.5, n.17, p.263-269, 2012.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos (Rio de Janeiro, RJ). Manual de métodos de análise de solo. 2. ed. rev. atual. Rio de Janeiro, 1997. 212 p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2.ed. Rio de Janeiro, 2006. 306p.

FREDDI, O. S.; CARVALHO, M. P.; VERONESI JUNIOR, V.; CARVALHO, G. J. Produtividade do milho relacionada com a resistência mecânica à penetração do solo sob preparo convencional. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 26, n. 1, p. 113-121, 2006.

FURLANI, C.E.A.; GAMERO, C.A.; LEVIEN, R. et al. Resistência do solo à penetração em preparo convencional, escarificação e semeadura direta em diferentes manejos da cobertura vegetal. Engenharia Agrícola, v.23, n.3, p.579-587, 2003.

KELLER, T.; LAMANDÉ, M. Challenges in the development of analytical soil compaction models. Soil and Tillage Research, v.111, p.54-64, 2010.

MAGALHÃES, W.A; CREMON, N; MAPELI, N.C. et al. Determinação da resistência do solo a penetração sob diferentes sistemas de cultivo em um Latossolo sob Bioma Pantanal. Agrarian, v.2, n.6, 2009.

MAGALHÃES FILHO, F. J. C.; Diogo, L. O.; Ribon, A. A. et al. Resistência do solo à penetração de um Neossolo Quartzarênico cultivado com cana de açúcar sobre a influência da adubação orgânica e mineral. Disponível em: <http://www.fundagres. org.br/biossolido/icbro/cbro/Artigos/AGROECOLOGIA/Resistencia%20do%20 solo%20a%20penetra%C3%A7%C3%A3o%20de%20um%20neossolo%20 quartzarenico%20cultivado%20com%20cana%20de%20a%C3%A7ucar%20 sobre%20a%20inluencia%20da%20aduba%C3%A7%C3%A3o%20organica%20 e%20mineral.pdf> Acesso em: 29 mar. 2013.

MERCANTE, E.; URIBE-OPAZO, M.A.; SOUZA, E.G. Variabilidade espacial e temporal da resistência mecânica do solo à penetração em áreas com e sem manejo químico localizado. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.27, p.1149-1159, 2003.

MEROTTO, A.; MUNDSTOCK, C.M. Wheat root growth as affected by soil strength. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.23, p.197-202, 1999.

MICHELON, C. J. Qualidade física dos solos irrigados do Rio Grande do Sul e do Brasil Central. 2005. 92p. Dissertação (Mestrado) – UFSM, 2005.

ORLANDO, R. C.; VIEIRA, L. B.; MARCIANO, C. Análise da variabilidade do índice de cone para diferentes níveis de teor de água do solo. Engenharia na Agricultura, v.8, p.182-185, 2000.

PORTZ, G.; SCHOENKNECHT, E.; ALBUQUERQUE, M. et al. Ajuste dos valores obtidos por Resistência a Penetração (índice de cone), em função da Umidade e Densidade do Solo em condições de campo. Disponível em: <http://www.falker.com.br/artigos/Ajuste_ RP_umidade_GustavoPortz.pdf>. Acesso em: 12 maio 2013.

ROQUE, A. A. O.; SOUZA, Z. M.; ARAÚJO, F. S.; SILVA, G. R. V. Atributos físicos do solo e intervalo hídrico ótimo de um Latossolo Vermelho distrófico sob controle de tráfego agrícola. Ciência Rural, Santa Maria, v.41, n.9, p.1536-1542, set, 2011.

SAFFIH-HDADI, K.; DÉFOSSEZ, P.; RICHARD, G.; et al. A method for predicting soil susceptibility to the compaction of surface layers as a function of water content and bulk density. Soil and Tillage Research, v.105, p.96-103, 2009.

SANTOS, L. A. C.; CAMPOS, M. C. C.; COSTA, H. S. et al. Caracterização de solos em uma topossequência sob terraços aluviais na região do médio rio Madeira (AM). Ambiência, v.8 n.2 p. 319 – 331, 2012

SECCO, D.; REINERT, D.J.; REICHERT, J.M.; DA ROS, C.O. Produtividade de soja e propriedades físicas de um Latossolo submetido a sistemas de manejo e compactação. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 28, p.797-804, 2004.

SEVERIANO, E. C.; OLIVEIRA, G. C.; DIAS JUNIOR, M. S. et al. Compactação de solos cultivados com cana-de-açúcar: II - Quantificação das restrições às funções edáficas do solo em decorrência da compactação prejudicial. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.30, n.3, p.414-423, 2010.

SILVA, R.B. da; LANÇAS, K.P.; MIRANDA, E.E.V.; SILVA, F.A.M.; BAIO, F.H.R. Estimation and evaluation of dynamic properties as indicators of changes on soil structure in sugarcane fields of Sao Paulo State – Brazil. Soil and Tillage Research, v.103, p.265-270, 2009.

SILVA, A.J.N.; CABEDA, M.S.V. Compactação e compressibilidade do solo sob sistemas de manejo e níveis de umidade. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.30, p.921-930, 2006.

USDA. Soil survey manual. Washington, DC, USA, Soil Survey Division Staff, 1993. 437p. (Handbook, 18).

VÁZQUEZ, M.; TERMINIELLO, A.; DUHOUR, A. et al. Efecto del encalado sobre propiedades físicas de un suelo de la pradera pampeana. Asociación con propiedades químicas. Ciência Del Suelo (Argentina), v.27, n.1, p.67-76, 2009.

VIEIRA, M. L.; KLEIN, V. A. Propriedades físico-hídricas de um Latossolo Vermelho submetido a diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.31, p.1271-1280, 2007.

Downloads

Publicado

26-12-2013

Como Citar

MANHÃES, C. M. C.; GARCIA, R. F.; CORRÊA JÚNIOR, D.; FRANCELINO, F. M. A.; FRANCELINO, H. O. Índice de cone após colheitas mecanizadas de cana-de-açúcar no Norte Fluminense. Revista Vértices, [S. l.], v. 15, n. 3, p. 111–120, 2013. DOI: 10.5935/1809-2667.20130033. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/vertices/article/view/1809-2667.20130033. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)