Resíduos sólidos: estudo da destinação final do lixo domiciliar gerado no município de Ituiutaba – MG

  • Edna Cristina de Lima
  • Isaura Maria Ferreira Instituto Federal do Triangulo Mineiro (IFTM), Ituiutaba/MG
Palavras-chave: Lixo, Destinação final, Coleta seletiva

Resumo

Considerando que a produção de lixo é fator gerador de diversos tipos de poluição, o presente estudo teve por objetivo verificar a destinação final dada ao lixo domiciliar gerado no município de Ituiutaba – MG. Para tanto, foi realizada uma entrevista com cinquenta moradores, de ambos os sexos, das regiões Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro, sendo que em cada região foram entrevistadas dez pessoas que responderam a um questionário elaborado pelas pesquisadoras. As respostas obtidas permitiram perceber que em todas as 5 regiões investigadas do município (exceto na região Norte), há maior produção de lixo seco do que lixo orgânico, e ainda, que a separação desses dois tipos de lixo para a coleta seletiva é praticada em todas elas, o que mostra a consciência cidadã daqueles que se preocupam com a preservação do planeta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edna Cristina de Lima
Estudante do curso de Pós Graduação em Ciências Ambientais do Instituto Federal do Triangulo Mineiro IFTM, Campus Ituiutaba/MG – Brasil. Email: edinhacristina@hotmail.com.
Isaura Maria Ferreira, Instituto Federal do Triangulo Mineiro (IFTM), Ituiutaba/MG
Mestre em Ciências Veterinárias. Professora do Instituto Federal do Triangulo Mineiro IFTM - Campus Ituiutaba/MG – Brasil. Email: isaura@iftm.edu.br.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR-8849/85: Apresentação de projetos de aterros controlados de resíduos sólidos, São Paulo, 1985.

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). NRB 10004: Resíduos sólidos – Classificação, Rio de janeiro, 2004. Disponível em: htpp://www.aslaa.com.br/legislações/NBR%20n%2010004-2004.pdf. Acesso em: 10 jun. 2012.

BRASIL, 2010. Presidência da República. Lei Federal nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov. br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12305.htm. Acesso em: 17 jan. 2014

CONSUMO sustentável. Consumers International. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Tradução de Admond Ben Meir. São Paulo: Secretaria do Meio Ambiente : IDEC : CI, 1998.

CUNHA, Valeriana; CAIXETA FILHO, José Vicente. Gerenciamento da coleta de resíduos sólidos urbanos: estruturação e aplicação de modelo não-linear de programação por metas. Revista Gestão & Produção, v.9, n.2, p.143-161, ago. 2002.

DEMAJOROVIC, Jacques. Da política tradicional de tratamento do lixo à política de gestão de resíduos sólidos. As novas prioridades. Revista de Administração de Empresas São Paulo, v. 35, n.3, p. 88-93, maio/jun. 1995.

FADINI, Pedro Sérgio Fadini; FADINI, Almerinda Antonia Barbosa. Lixo: desafios e compromissos. Cadernos Temáticos de Química Nova na Escola, Edição especial, maio 2001. Disponível em: fiec.org.br. Acesso em: 2012.

FONSECA, Martha Reis Marques da. Química integral: ensino médio: livro único. Nova Ed. São Paulo: FTD, 2004.

GARVIL, Cristina. Programa Ituiutaba Recicla (2001). Disponível em <http://www.semasa.sp.gov.br/Documentos/ASSEMAE/Trab_86.pdf>. Acesso em: 6 ago. 2012.

NORÕES, Marcos Gomes de et al. Lixo e coleta seletiva: algumas questões a serem – lembradas. In: SEGeT. SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 8., 2011.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUIUTABA. Disponível em: http://www. ituiutaba.mg.gov.br/. Acesso em: 30 maio 2012.

RESÍDUOS sólidos (2001). Disponível em: <http://www.slu.df.gov.br/005/00502001.asp?ttCD_CHAVE=12698>. Acesso em: 1 ago. 2010.

REVISTA Saneamento Ambiental, v. 153, jan./fev. 2011.

ROCHA, Julio Cesar. Introdução à química ambiental. 2. ed.Porto Alegre: Bookman, 2009.

SANTOS, Esmeraldo Macêdo dos et al. Resíduos sólidos urbanos: uma abordagem teórica da relevância, caracterização e impactos na cidade do Natal / RN. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CURITIBA, 22., 23 a 25 de out. de 2002, PR.

SISTEMA FIEMG. Política Nacional de Resíduos Sólidos: conceitos e informações gerais. [2011].

Publicado
30-06-2014
Como Citar
LIMA, E. C. DE; FERREIRA, I. M. Resíduos sólidos: estudo da destinação final do lixo domiciliar gerado no município de Ituiutaba – MG. Revista Vértices, v. 16, n. 1, p. 151-159, 30 jun. 2014.
Seção
Artigos Originais