Trabalho e reprodução das famílias de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família em Campos dos Goytacazes/RJ

  • Érica Vieira Almeida Universidade Federal Fluminense (UFF), Campos dos Goytacazes/RJ
  • Etuany Martins Rangel
Palavras-chave: Programa Bolsa Família, Reprodução social, Pobreza

Resumo

O artigo apresenta um perfil das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família em Campos dos Goytacazes e do seu processo de reprodução social. Ao contrário de muitas assertivas, a pesquisa reafirma a condição de trabalhador desses beneficiários, em sua maioria, precarizados, mal remunerados e superexplorados. A crise da economia açucareira no município mudou o perfil do mercado de trabalho, sobretudo para os trabalhadores empobrecidos. Atualmente a cana não aparece mais entre as principais ocupações desse segmento. Merece atenção o índice de famílias monoparentais femininas, um arranjo que reduz as estratégias defensivas à precarização e ao desemprego, e aumenta a dependência ao Programa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Érica Vieira Almeida, Universidade Federal Fluminense (UFF), Campos dos Goytacazes/RJ
Doutora em Serviço Social/UFRJ e Membro do NETRAD - Núcleo de Estudos em Trabalho, Cidadania e Desenvolvimento. Professora Adjunta do Departamento de Serviço Social da UFF – Campos dos Goytacazes/RJ – Brasil. E-mail: ericalmeida@uol.com.br. 
Etuany Martins Rangel
Graduanda do Curso de Serviço Social da UFF/Campos, Membro do NETRAD - Núcleo de Estudos em Trabalho, Cidadania e Desenvolvimento e Bolsista de Iniciação Científica PIBIC/CNPQ  – Campos dos Goytacazes/RJ – Brasil. E-mail: etuanymartins@hotmail.com.br.

Referências

ALMEIDA, Érica T. V. de. A assistência social como política de enfrentamento da pobreza no Brasil: algumas problematizações a partir do programa bolsa-família em Campos dos Goytacazes/RJ. Vértices, v. 13, n. 3, p. 07-29, set./dez. 2011.

BORGES, Ângela. Impactos do desemprego e da precarização sobre famílias metropolitanas. Revista brasileira de estudos de população. São Paulo, v. 23, n. 2, p. 205222, jul./dez. 2006.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Cadernos de estudos: desenvolvimento social em debate. Síntese das pesquisas de avaliação de programas sociais do MDS, 2006-2010. Brasília/DF; SAGI, nº13, 2010. 242p.

BRASIL. Cadernos de estudos: desenvolvimento social em debate. A importância do Bolsa Família nos municípios brasileiros. Brasília, DF: MDS; SAGI, nº1, set. 2005. 40 p.

CEPECAM. Diagnóstico das condições socioeconômicas das crianças e adolescentes das famílias de baixa renda do município de Campos dos Goytacazes. Campos dos Goytacazes, RJ, 1992. 167p. Mimeografado.

CRUZ, José Luis V. da. Mercado de Trabalho e exclusão em Campos/RJ. Boletim Técnico do SENAC, Rio de Janeiro, v.18, n.3, p.159-178. set./dez. 1992. IBGE. Censo Demográfico, 2000.

CRUZ, José Luis V. da. Censo Demográfico, 2010. NETRAD. Relatório de Pesquisa com os Beneficiários do Bolsa Família. [S. l.: S. n.], 2012.

CRUZ, José Luis V. da. Diagnóstico das condições socioeconômicas da infância e juventude de Campos dos Goytacazes / Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional / UFF. Campos dos Goytacazes, RJ: Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima/PMCG, 2006.

PEREIRA, Potyara A. P., STEIN, Rosa H. Política social: universalidade versus focalização. Um olhar sobre a América Latina. In: BOSCHETTI, BEHRING (orgs.). Crise do capital, política social e direitos. São Paulo: Cortez, 2010. p. 35-63.

POCHMANN, M. Qual desenvolvimento?: oportunidades e dificuldades do Brasil contemporâneo, 1ª ed. São Paulo: Publisher Brasil, 2009.

SANTOS, Yumi G. dos. Interrupções e recomeços: aspectos das trajetórias das mulheres chefes de família monoparental de cidade de Tiradentes. In: CABANES, R. et al. (orgs). Saídas de emergência: ganhar e perder a vida na periferia de São Paulo. São Paulo: Boitempo, 2011. pp. 417-436.

SANTOS, W.G dos. Cidadania e justiça. A política social na ordem brasileira. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 1969.

SARTI, Cynthia A. A família como espelho: um estudo sobre a moral dos pobres. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

SILVA, Maria Ozanira Silva e, YAZBEK, Maria Carmelita, DI GIOVANNI, Geraldo. A Política social brasileira no século XXI: a prevalência dos programas de transferência de renda. 4. ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2008.

TELLES, Vera da S. A “nova questão social” brasileira: ou como as figuras de nosso atraso viraram símbolo de nossa modernidade. Caderno CRH, Salvador, Centro de Recursos Humanos/UFBA, n. 30/31, p. 85-110, jan./dez.1999.

YAZBEK. A política social brasileira nos anos 90: a refilantropização da questão social. Cadernos ABONG, São Paulo, v.3, [20-]. (Subsídios à Conferência Nacional de Assistência Social, v. 3).

Publicado
02-02-2015
Como Citar
ALMEIDA, ÉRICA V.; RANGEL, E. M. Trabalho e reprodução das famílias de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família em Campos dos Goytacazes/RJ. Revista Vértices, v. 16, n. 2, p. 43-70, 2 fev. 2015.
Seção
Artigos Originais