Percepções de professores acerca do currículo integrado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN)

Autores

  • Luiz Antonio da Silva dos Santos Secretaria Estadual de Educação do Rio Grande do Norte, Currais Novos/RN https://orcid.org/0000-0002-2556-3032
  • Maria da Conceição Souza do Nascimento Carlos Leite Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Mossoró/RN https://orcid.org/0000-0002-9484-0400
  • Francisco das Chagas Silva Souza Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Mossoró/RN https://orcid.org/0000-0002-9721-9812

DOI:

https://doi.org/10.19180/1809-2667.v24n22022p541-555

Palavras-chave:

Docência, Educação profissional, Currículo integrado, Prática pedagógica

Resumo

Esta pesquisa teve sua origem em estudos empreendidos em duas dissertações de mestrado. Seu objetivo foi identificar a percepção de professores sobre o currículo integrado no contexto do IFRN, mediante cinco categorias de análise, quais sejam: a) concepção de PI nas dissertações analisadas; b) relação entre PI e EMI; c) interdisciplinaridade; d) relação entre PI e formação humana; e e) Desafios ou limitações no desenvolvimento do PI. A pesquisa teve como base os seguintes questionamentos: como os atores envolvidos concebem o PI? quais os contributos do PI para a materialização do Currículo Integrado no IFRN e quais desafios no contexto do PI precisam ser superados? A metodologia utilizada teve abordagem qualitativa, apoiada na revisão bibliográfica, por abranger a literatura já tornada pública relativamente à produção das dissertações. Na composição teórica, operamos com o suporte proposto por autores como Imbernón (2011), Pena (2011), Silva (2014), Fazenda (2014), Henrique e Nascimento (2015), Pacheco (2015), Santos e Souza (2021), entre outros. Os resultados encontrados apontaram que as duas dissertações analisadas permitem uma reflexão acerca das práticas do currículo integrado. As limitações apresentadas nesses estudos sugerem possibilidade de mudanças nas práticas de ensino-aprendizagem de modo a fortalecer a interdisciplinaridade e formar um sujeito que pense e atue para além do mercado de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Antonio da Silva dos Santos, Secretaria Estadual de Educação do Rio Grande do Norte, Currais Novos/RN

Doutorando em Educação Profissional do Programa de Pós-Graduação em Educação pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (PPGEP/IFRN). Mestre em Ensino (Posensino – IFRN/UERN/UFERSA). Professor da educação básica na Secretaria Estadual de Educação do Rio Grande do Norte, em Currais Novos/RN – Brasil. E-mail: luizantonioantos@hotmail.com.

Maria da Conceição Souza do Nascimento Carlos Leite, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Mossoró/RN

Mestre em Educação Profissional e Tecnológica pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (ProfEPT/IFRN). Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Mossoró/RN – Brasil. E-mail: conceicao.souza@ifrn.edu.br.

Francisco das Chagas Silva Souza, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Mossoró/RN

Doutor em Educação (UFRN) e Pós-doutor em Educação (UFF). Professor do Programa de Pós-Graduação em Ensino (IFRN/UERN/UFERSA), do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (Mestrado Profissional em Rede Nacional), Polo IFRN/Mossoró e do Programa de Pós-graduação em Educação (IFRN/Natal). Professor titular do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Mossoró/RN – Brasil. E-mail: chagas.souza@ifrn.edu.br.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

CIAVATTA, M. A interdisciplinaridade e a formação integrada: exercício teórico ou realidade possível? In: CIAVATTA, M. O trabalho docente e os caminhos do conhecimento: A historicidade da educação profissional. Rio de Janeiro: Lamparina, 2015.

FAZENDA, I. C. Interdisciplinaridade: qual o sentido. São Paulo: Paulus, 2003.

FAZENDA, I. C. Interdisciplinaridade: um projeto em prática. 7. ed. São Paulo: Loyola, 2014.

FAZENDA, I. C. Integração e interdisciplinaridade no ensino brasileiro. São Paulo: Cortez, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 37. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FRIGOTTO, G. Concepções e mudanças no mundo do trabalho e no Ensino Médio. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. (org.). Ensino Médio Integrado: concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005.

HENRIQUE, A. L. S; NASCIMENTO, J. M. Sobre práticas integradoras: um estudo de ações pedagógicas na educação básica. HOLOS, Natal, v. 4, 2015 31, p. 63-73, jul. 2015. DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2015.3188. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/3188. Acesso em: 23 ago. 2022.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e incerteza. São Paulo: Editora Cortez, 2011.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Projeto político-pedagógico do IFRN: uma construção coletiva, Documento Base. Natal-RN: IFRN, 2012a.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Organização Didática do IFRN. Natal-RN: IFRN, 2012b.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Projeto pedagógico do curso técnico de nível médio em Informática na forma integrada presencial. Natal, IFRN, 2012c.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Projeto pedagógico do projeto pedagógico do curso técnico de nível médio em edificações na forma Integrada, presencial. Natal, IFRN, 2012d.

LEITE, M. C. S. N. C. O projeto integrador no ensino médio integrado: intervenção pedagógica para docentes na educação profissional e tecnológica. 2022. 82 f. Dissertação (Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, 2022.

LIBÂNEO, J. C. Organização e gestão da escola: teoria e prática. 5. ed. Goiânia: Editora Alternativa, 2004.

MANRIQUE, A. L. Processo de Formação de Professores em Geometria: mudanças em concepção e práticas. 2003. Tese (Doutorado em Psicologia da Educação) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia da Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2003.

MINAYO, M. C. S. (org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2001.

MONTEIRO, C. Mudam-se Concepções, Mudam-se Práticas. In: BROWN, M. et al. (org.). Educação Matemática. Portugal: Instituto de Inovação Educacional, 1992. p. 241-247. (Coleção Temas de Investigação).

PACHECO, E. Fundamentos Político-Pedagógicos dos Institutos Federais: diretrizes para uma educação profissional e tecnológica transformadora. Natal: Editora IFRN, 2015.

PENA, G. A. C. Formação docente e aprendizagem da docência: um olhar sobre a educação profissional. Educação em Perspectiva, Viçosa, v. 2, n. 1, p. 106, jan./jun. 2011. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/educacaoemperspectiva/article/view/6491. Acesso em: 23 ago. 2022.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. Docência no ensino superior. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2008. p. 11-17.

SANTOS, L. A. S. Projetos integradores no IFRN: reflexões sobre os documentos norteadores e o contexto da prática no Campus Mossoró. 2018. 118 f. Dissertação (Mestrado em Ensino) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Semi-Árido, 2018. Disponível em: https://memoria.ifrn.edu.br/handle/1044/1644. Acesso em: 28 fev. 2020.

SANTOS, L. A. S.; SOUZA, F. C. S. Projetos integradores: contributos à práxis pedagógica na educação profissional. Curitiba: Brazil Publishing, 2021.

SILVA, A. L. Currículo Integrado. Florianópolis: Publicações do IFSC, 2014.

YIN, R. K. Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto Alegre: Penso Editora, 2016. (Coleção Métodos de Pesquisa).

Publicado

16-09-2022

Como Citar

SANTOS, L. A. da S. dos; LEITE, M. da C. S. do N. C.; SOUZA, F. das C. S. Percepções de professores acerca do currículo integrado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). Revista Vértices, [S. l.], v. 24, n. 2, p. 541–555, 2022. DOI: 10.19180/1809-2667.v24n22022p541-555. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/vertices/article/view/18230. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático: “A pesquisa em Educação Profissional e Tecnológica: temas, abordagens e fontes”

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)