Biodiesel: uma energia alternativa e verde

  • Milena Carvalho Teixeira
  • Desiely Silva Gusmão Taouil Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF)
Palavras-chave: Energia alternativa, Mudanças climáticas, Meio ambiente, Biodiesel

Resumo

O presente texto busca expor a importância do uso de energias alternativas. O biodiesel é apontado como uma das soluções para o esgotamento do petróleo e seus derivados e para o problema do aquecimento global, e o Brasil, por apresentar biodiversidade e forte economia agrícola, permitiu que o Governo Federal criasse o Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) com chances de sucesso. O programa explora várias fontes energéticas, de culturas temporárias e perenes ao uso do óleo residual, além de trazer benefícios ao desenvolvimento do país, gerando emprego e renda, e, principalmente, redução nas emissões de gás carbônico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Milena Carvalho Teixeira
Licenciada em Ciências da Natureza – Licenciatura em Biologia pelo Instituto Federal de Ciência, Educação e Tecnologia Fluminense (IFF).
Desiely Silva Gusmão Taouil, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF)
Doutora em Biociências e Biotecnologia, pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) e Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF).

Referências

ALVES FILHO, M. Testes comprovam eficácia de adição de "combustível ecológico" ao óleo diesel: biodiesel reduz emissão de poluentes. Jornal da Unicamp. Campinas, SP, Edição 213, 19 a 25 maio 2003. Disponível em: <http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/maio2003/ju213pg11a.html>. Acesso em 05 set. 2007.

ANDRADE, W. E. B. et al. Viabilidade técnica do cultivo de oleaginosas no Norte Fluminense: a experiência da PESAGRO – RIO. Campos do Goytacazes, RJ. Out. 2006. Disponível em: <http://www.PESAGRO.rj.gov.br/downloads/viabilidadetecnicaoleaginosas.pdf>. Acesso em 19 nov. 2007.

ALVIM, C. C. (Coord.) ONU diz que plantio de culturas para gerar biocombustível vai causar falta de alimentos. 10 maio 2007. Opinião e Notícia. Disponível em: <http://www.opiniaoenoticia.com.br/interna.php?mat=9264>. Acesso em 21 out. 2007.

BARDAWIL, O. Cearense registrou primeira patente de produção de biodiesel em todo o mundo. Fortaleza, CE. Especial 1, 21 set. 2005. Agência Brasil. Disponível em: <http://www.radiobras.gov.br/materia_i_2004.php?materia=240552&editoria=>. Acesso em: 27 set. 2007.

BARRETO, A. Em defesa do Biodiesel e dos Biocombustíveis. Curitiba, PR, 3 out. 2007. Disponível em: <http://www.Biodieselbr,2007.com/colunistas/convidado/defesa-biodiesel-biocombustiveis-03-10-07.htm>. Acesso em 2 nov. 2007.

BATISTA, F. Pode faltar biodiesel nos próximos meses. BiodieselBR.com., 15 dez. 2008. Disponível em: <http://www.biodieselbr.com/noticias/biodiesel/faltar-biodiesel-proximos-meses-09-01-07.htm>. Acesso em 18 jan. 2008.

BENEDETTI, O. et al. Uma proposta de modelo para avaliar a viabilidade do biodiesel no Brasil. Teoria e Evidência Econômica, Passo Fundo, v. 14, Ed. Especial 2006. Disponível em: <http://www.upf.br/cepeac/download/rev_esp_2006_art4.pdf>. Acesso em 10 set. 2007.

BRITO, R. Expedito Parente: “Eu vi a molécula”. Revista Veja, 05 mar. 2007. Disponível em: <http://macua.blogs.com/moambique_para_todos/2007/03/expedito_parent.html>. Acesso em 9 set. 2007.

CARTILHA DO GOVERNO FEDERAL. Biodiesel: o novo combustível do Brasil. Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB). [2007]. Disponível em: <http://www.biodiesel.gov.br/docs/Folder_biodiesel_portugues_paginado.pdf>. Acesso em 12 nov. 2007.

CEIB. Comissão Executiva Interministerial. Adm. Perguntas Freqüentes. [2007]. Disponível em: <http://www.biodiesel.gov.br/faq.html>. Acesso em 13 out. 2007.

COM NOVOS LEILÕES de biodiesel Governo estende atuação da Petrobras. 09 out. 2007. Disponível em: <http://www.Biodieselbr.com/noticias/biodiesel/novos-leiloes-biodiesel-Governo-estende-atuacao-petrobras-09-10-07.htm>. Acesso em 1 fev. 2008.

DOSSIÊ biodiesel. CONDRAF. Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável. jul. 2006. Disponível em <http://www.mda.gov.br/condraf/index.php?sccid=1584>. Acesso em 14 set. 2007.

FERREIRA, F. Y.; LEÃO, K. P. Biodiesel: potencializador da performance brasileira no mercado energético internacional. Jovens Pesquisadores, v. 3, n. 5, 2006. Disponível em: <http://www4.mackenzie.br/fileadmin/Graduacao/CCSA/Publicacoes/Jovens_Pesquisadores/05/3.5.04.pdf>. Acesso em: 13 out. 2007.

FLORENCIO, R. (Ed.). UPEA amplia pesquisas e novos projetos. Campos dos Goytacazes, RJ, v. 6, p.2, fev. 2008.

INDÚSTRIA de biocombustíveis poderá causar aumento no preço dos alimentos. Campinas, SP. Site Inovação Tecnológica. 16 maio 2007. Disponível em: <http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=010115070516>. Acesso em 18 jul. 2007.

JANE, J. (Ed.). Energia verde uma história de mais de 100 anos. O Globo [online], Rio de Janeiro, 12 set. 2007. Disponível em: <http://oglobo.globo.com/projetos/biocombustivel/mat/2007/09/12/297691571.asp>. Acesso em 23 set. 2007.

JULIATO, A; RIPOLI, T. C. C. Análise da Influência de misturas de biodiesel no desempenho e emissão de poluentes de um motor diesel agrícola. 2006. Dissertação (Mestrado) - Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura de Luiz Queiroz, Piracicaba, 2006.

MAZENOTTI, P. Lula diz que biodiesel brasileiro é uma "semente que vai dar muito fruto". Agência Brasil, 17 set. 2007. Disponível em: <http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2007/09/17/materia.2007-09-17.3922863421/view>. Acesso em 18 set. 2007.

MDA. Ministério do Desenvolvimento Agrário. Biodiesel no Brasil: resultados sócio-econômicos e expectativa futura. Março de 2007. Disponível em: <http://www.mda.gov.br/saf/index.php?sccid=294>. Acesso em 31 jan. 2008.

MOURAD, A. L. Óleos Vegetais combustíveis sob algumas considerações econômicas. 2004. 1. Slide. Disponível em: . Aacesso em 20 nov. 2007.

OLIVEIRA, L. B.; COSTA, A. O. Biodiesel: uma experiência de desenvolvimento sustentável. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA, 2002, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos.... Rio de Janeiro: COPPE, 2002. Disponível em: <http://www.ivig.coppe.ufrj.br/doc/biodiesel.pdf>. Acesso em 20 set. 2007.

PARENTE, E. J. S. Biodiesel: uma aventura tecnológica num país engraçado. Ano 2003. Disponível em: <http://www.tecbio.com.br/artigos/Livro-Biodiesel.pdf>. Acesso em 9 ago. 2007.

PETROBRAS DISTRIBUIDORA S.A. Biodiesel Petrobras. Rio de Janeiro, RJ. [2002-2006]. Disponível em: <http://www.br.com.br/portalbr/calandra.nsf#http://www.br.com.br/portalbr/calandra.nsf/0/3B06B725AB2243420325718800517870?OpenDocument. Acesso 6 jun. 2007.

PIMENTEL, F. J. et al. Projeto: biocombustível na Região Norte. [S.l.]: SIGEOR.Sistema de Informação da Gestão Estratégica Orientada para Resultados, 2007.

RAMOS, L. P. et al. Biodiesel: um projeto de sustentabilidade econômica e sócio-ambiental para o Brasil. Revista Ciência e Desenvolvimento, n. 31. jun./dez. 2003. Disponível em: <http://www.biotecnologia.com.br/revista/bio31/biodiesel.pdf>. Acesso em 20 set. 2007.

RJ: CAMPOS usa óleo de frituras em projeto de biodiesel. Revista Biodieselbr., Curitiba, PR, 21 dez. 2007. Disponível em: <http://www.biodieselbr.com/noticias/biodiesel/rj-campos-oleo-frituras-projeto-biodiesel-21-12-07.htm>. Acesso em 8 jan. 2008.

RODRIGUES, R. Plano Nacional de Agroenergia 2006-2011. Brasília, DF: Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, 2005. Disponível em: <http://www.biodiesel.gov.br/docs/PLANONACIONALDOAGROENERGIA1.pdf>. Acesso em 12 nov. 2007 e 31 out. 2007.

SIMÕES, J. Titular da primeira patente brasileira no tema, de 1983, conta como chegou à tecnologia: "Governo não enxergou oportunidade", afirma. 5 fev. 2007. Disponível em: <http://www.inovacao.unicamp.br/report/entre-expedito.php>. Acesso em 25 fev 2008.

Tec Bio . Porque Tecbio. Fortaleza, CE. Disponível em: <http://www.tecbio.com.br/>. Acesso em 27 set. 2007.

TRANCOSO, A. O aquecimento Global. Revista JB Ecológico, v. 4, n. 62, Belo Horizonte, MG, p. 66, mar. 2007.

TRIGO, Ingrid Liliana Antelo et al. Biodiesel: barreiras, potenciais e impactos. Disponível em: <http://www.esru.strath.ac.uk/EandE/Web_sites/06-07/Biodiesel/groupp.htm>. Acesso em 13 out. 2007.

TRINDADE, J. Campos terá usina de biodiesel e fábricas de equipamentos. 06 dez. 2006. Disponível em: <http://www.campos.rj.gov.br/noticia.php?id=9105>. Acesso em 3 fev. 2008.

VITAL PLANET. Disponível em: <http://www.vitalplanet.net/pt/category/C26/)>. Acesso em 20 dez. 2007.

Como Citar
TEIXEIRA, M. C.; TAOUIL, D. S. G. Biodiesel: uma energia alternativa e verde. Revista Vértices, v. 12, n. 3, p. 17-40, 11.
Seção
Artigos Originais