[1]
M. G. Moraes, “Criança morta e Retirantes, refletindo sobre a questão ambiental no semiárido nordestino”, Revista Vértices, vol. 14, nº 1, p. 81-92, abr. 2012.