Sobre a Revista

Foco e Escopo

A revista Vértices constitui-se numa publicação periódica técnico-científica quadrimestral da Essentia Editora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense), que tem por finalidade publicar ARTIGOS ORIGINAIS, DE REVISÃO e DOSSIÊS TEMÁTICOS sobre temas em Educação, Sociologia e Serviço Social. Devido ao seu aspecto MULTIDISCIPLINAR aceita, também, contribuições de outras áreas do conhecimento como Engenharias, Ciências Agrárias, Filosofia, Letras e Linguística, desde que condizentes com a sua política editorial. Publica, após processo de avaliação por pares (duplo-cego), contribuições inéditas nos idiomas português, espanhol e inglês. O público-alvo é composto de discentes dos cursos de Graduação, Pós-Graduação, Pesquisadores e interessados nas temáticas que abrangem o escopo da revista Vértices. A partir do v.17 n.2, a revista passou a estar disponível exclusivamente no formato eletrônico on-line em Open Access. Este periódico não cobra taxas dos autores nem de suas instituições para a submissão, processamento e publicação de artigos.



ISSN versão eletrônica: 1809-2667
ISSN versão impressa: 1415-2843 (até o v.17 n.1)

A revista conta com:

Corpo Editorial:
a- Editor Assistente e Associado;

b- Conselho Editorial Científico;

c- Equipe editorial: revisores de língua portuguesa e estrangeira, revisor técnico e diagramadores.

Editor Assistente e Associado:

Os Editores Assistente e Associado poderão ser servidores do IF Fluminense (IFF). O Editor Assistente e Associado definirão critérios para as colaborações, consultando, se for o caso, o Conselho Editorial Científico, e conduzirão as atividades quotidianas da revista.

 

Conselho Editorial Científico (CEC):

Será integrado por professores e/ou pesquisadores de diversas instituições de ensino e/ou pesquisa nacionais ou estrangeiras a convite dos Editores Assistente e/ou Associado. As atribuições do CEC estão descritas a seguir:

i) atuar como consultor dos editores relativamente à interpretação da Política Editorial da revista Vértices;

ii) apontar pareceristas;

iii) analisar pareceres e, com base neles, recomendar a rejeição ou publicação de originais;

iv) atuar como árbitros de desempate, quando uma contribuição tiver recebido pareceres antagônicos;

v) atuar como Editor convidado em número especial.


Julgadores ad hoc:
Serão indicados pelos Editores Assistente, Associado ou Conselho Editorial Científico de acordo com as necessidades, respeitando a exigência mínima do título de Doutor ou Mestre.

Os julgadores fazem jus a uma declaração da Essentia Editora, expedida após o lançamento do número/volume, como comprovante de sua colaboração como avaliador.

 A revista incluirá as seguintes seções: artigo original e artigo de revisão. 

- Artigo original: contribuição destinada a divulgar os resultados de pesquisa original (de 6 a 30 laudas).
- Artigo de revisão: avaliação crítica sistematizada da literatura sobre determinado assunto, contendo obrigatoriamente conclusões (de 6 a 10 laudas).

A revista poderá incluir coleções, números especiais ou dossiês temáticos, sempre que necessário, observando as mesmas normas editoriais. O tempo de tramitação das colaborações remetidas para publicação será de até 6 (seis) meses para emissão de parecer e de até 8 (oito) meses para sua publicação, em caso de aceite. Serão procuradas fontes de financiamento permanente e parcerias ocasionais. A revista fará pedido de ingresso em indexadores nacionais e internacionais, assim como em organismos de códigos de domínio, buscando, para esse fim, atingir os critérios por eles estabelecidos. Da mesma forma, procurará seguir  as recomendações da CAPES para publicações acadêmicas.
Os artigos originais e de revisão serão submetidos a um processo de revisão por pares (duplo-cego) e serão enviados a 2 (dois) pareceristas dentre os membros dos Conselho Editorial Científico ou convidados ad hoc, que avaliarão seu mérito para publicação. Em caso de empate, o artigo será enviado a um terceiro avaliador, com características similares às dos anteriores, que emitirá decisão definitiva.
Os editores da revista encaminham a solicitação de avaliação para o julgador com um formulário de padrão detalhado que ao final deverá conter as opções de recomendação para o artigo: aceitação incondicional (APROVADO), aceitação condicional com as alterações especificadas na página COMENTÁRIOS ADICIONAIS (REVISÕES REQUERIDAS) ou não aceitação (REPROVADO). O Formulário Padrão está disponível em Formulário de Avaliação Vértices

Os artigos APROVADOS seguem para revisores de língua portuguesa, estrangeira e de normas técnicas da ABNT. Os artigos REPROVADOS são arquivados. Os autores recebem comunicação por e-mail do resultado final e podem consultar a situação do manuscrito pelo sistema em qualquer uma das etapas. 

 

Processo de Avaliação pelos Pares

Avaliação do trabalho

Serão acolhidos apenas os manuscritos formatados de acordo com estas Diretrizes para Autores e cuja temática se enquadre no escopo da revista. Uma análise preliminar verificará o potencial para publicação e seu interesse para os leitores da revista, o atendimento aos requisitos éticos e o relatório produzido pelo software de detecção de plágio iThenticate. Trabalhos que não atenderem a essas exigências serão recusados.

Os manuscritos considerados potencialmente publicáveis na revista Vértices seguem no processo editorial, composto pelas seguintes etapas:

a)      Revisão técnica – realizada pelos editores do periódico (desk review). Consiste fundamentalmente da revisão de aspectos de forma e redação científica, para que o manuscrito atenda a todos os itens detalhados nas Diretrizes para autores da revista e esteja apto a ingressar no processo de revisão externa por pares.

b)      Revisão externa por pares – O sistema de avaliação é duplo-cego (double blind review), no qual os avaliadores ad hoc não conhecem a identidade dos autores e não são identificados na revisão enviada aos autores. Os trabalhos serão enviados a pelo menos 2 (dois) avaliadores externos especialistas dentre os membros do Conselho Editorial e/ou convidados ad hoc, que avaliarão seu mérito científico e o conteúdo do manuscrito a partir dos seguintes aspectos: originalidade e importância da contribuição, adequação à linha editorial da Vértices, metodologia adequada, cumprimento dos critérios éticos/integridade da pesquisa, relação entre o problema proposto e apresentação/análise dos dados, conclusão respaldada nos dados, clareza, coerência e organização textual, indicação dos principais pontos fortes e fracos do manuscrito. Em caso de discordância nos pareceres recebidos, o artigo será enviado a um novo avaliador, com características similares às dos anteriores, que contribuirá para o desempate. Os editores da revista encaminham a solicitação de avaliação para o especialista com um formulário padrão detalhado. Os avaliadores ad hoc devem seguir as Diretrizes para Avaliadores da revista Vértices, baseadas nas recomendações do COPE (Committee on Publication Ethics), disponíveis em: https://publicationethics.org/files/Ethical_Guidelines_For_Peer_Reviewers_2.pdf. Esse processo de parecer por pares implica o compromisso do(s) autor(es) de atender da forma mais satisfatória e breve possível as observações dos avaliadores. A revista Vértices se reserva o direito de recusar artigos cuja formulação desconsidere as sugestões dos avaliadores sem justificação razoável.

c)      Revisão pelos editores – após o recebimento dos pareceres, os editores verificam o material e encaminham para os autores.  Nessa etapa, o texto será incluído em uma das três categorias:

(i) ACEITO (aceitação incondicional): o artigo deve ser publicado. O tema é de grande interesse para a área do artigo, é inovador e está bem escrito. Apenas pequenas correções são necessárias, e estas podem ser feitas pela própria equipe de editoração;

(ii) REVISÕES REQUERIDAS (aceitação condicional): alterações de pequeno ou médio porte devem ser conduzidas pelo(s) autor(es), respeitando o prazo estipulado pelos Editores. O artigo deve voltar para reavaliação e os Editores verificam o atendimento às sugestões dos revisores ad hoc ou a justificativa para o seu não atendimento;

(iii) REJEITADO (não aceitação): as modificações necessárias ao artigo são tão extensas, que levariam a um novo artigo; assim, o artigo é recusado e o autor pode encaminhar outro, quando desejar.

d)      Revisão de editoração – os manuscritos aprovados serão submetidos à revisão de língua portuguesa, língua estrangeira (inglês e espanhol) e normas técnicas (ABNT).  Alguns textos poderão retornar aos autores para consulta e/ou aprovação de eventuais alterações durante o processo. Após essa etapa o manuscrito segue para diagramação, conferência e publicação.

Ressalta-se que, em todas as etapas, poderá ser necessária mais de uma rodada de revisão.

Os avaliadores terão de 15 (quinze) a 30 (trinta) dias para emitirem o seu parecer. O prazo médio de resposta para o(s) autor(es) é de cerca de 120 dias para o primeiro parecer emitido pelos julgadores, de 180 dias para o parecer final e de até 8 (oito) meses para sua publicação, em caso de aceite. 

As considerações serão enviadas aos autores com prazo definido para a devolução da versão reformulada do manuscrito. Recomenda-se aos autores atenção às comunicações que serão enviadas ao endereço de e-mail informado na submissão, assim como para a observação dos prazos para resposta. A não observação dos prazos para resposta, especialmente quando não justificada, poderá ser motivo para descontinuação do processo editorial do manuscrito.

A ordem de publicação segue o critério dos editores, considerando a organização temática de cada número e daqueles eventualmente encomendados pelo Conselho Editorial.

O autor deverá acompanhar o processo pelo site da revista, após acesso com seu login e senha para verificar se não existem dúvidas ou solicitações de correções dos revisores. 

 

Periodicidade

A Vértices é uma publicação quadrimestral: o primeiro número cobre o período de janeiro a abril, o segundo cobre o período de maio a agosto e o terceiro cobre o período de setembro a dezembro.

Política de Acesso Livre

Esta revista é de acesso aberto, o que significa que todo o seu conteúdo está livre e gratuitamente disponível  para o usuário ou para sua instituição. Os usuários têm permissão para ler, baixar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou referenciar o texto integral dos artigos, ou usá-los para qualquer outro propósito legal, sem pedir permissão prévia do editor ou do autor, e sem barreiras financeiras, legais ou técnicas que não sejam inseparáveis ao próprio acesso a uma conexão à Internet. Isto está de acordo com a definição de acesso aberto apresentada pelo BOAI (Budapest Open Access Initiative).

Política de Arquivamento

A revista Vértices é participante da Rede Cariniana, coordenada pelo Instituto Brasileiro em Informação, Ciência e Tecnologia (IBICT), ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Um dos objetivos da Rede Cariniana é preservar os periódicos que utilizam a plataforma OJS no Brasil. A arquitetura técnica da Rede Cariniana se baseou no modelo de preservação digital distribuída LOCKSS. Esse modelo de preservação digital distribuída consiste na distribuição de cópias de documentos digitais em locais geograficamente dispersos, algo que assegura a preservação, desde que sejam elaborados acordos e políticas entre as instituições parceiras. 

Boas práticas da publicação científica

A revista Vértices tem como preceitos de política de divulgação, de qualidade e de conduta ética (baseado em http://www.anpad.org.br/diversos/2017/2017_05_28_Codigo_Etica.pdf):

  • Transparência – uso de sistema de gerenciamento do processo editorial.
  • Agilidade – prazos de até 30 dias, para comunicar aos autores o resultado da revisão de admissão (desk review), que define se o manuscrito passará pelo processo de revisão do periódico; e cerca de 120 dias para o encaminhamento aos autores do primeiro parecer de cada um dos revisores, devidamente revisados pelo editor, se for necessário, ou um e-mail do editor que sumarize esses pareceres.
  • Acesso aberto (Open Access) – o conteúdo publicado permite acesso on-line irrestrito e livre de quaisquer ônus para o leitor, a partir da licença Creative Commons CC-BY.
  • Originalidade – os artigos da revista são originais, o que significa não terem sido publicados em nenhum outro veículo, exceto em anais de eventos. Nesse caso, só são admitidos os artigos que contém avanços substanciais em relação à versão apresentada no evento. A informação de que o trabalho foi apresentado anteriormente em evento é explicitada no momento da submissão do artigo à revista Vértices no campo ´Comentários do Autor´ (exemplo: O trabalho foi originalmente publicado no XVI Seminário de Integração promovido pela Universidade Candido Mendes – unidade Campos dos Goytacazes, no dia 26 de outubro de 2017.  Este artigo foi revisado a partir das considerações feitas pelos avaliadores). Para textos originados de dissertações e teses, o editor verifica se o autor daquele trabalho é, necessariamente, o autor do artigo enviado para Vértices, mesmo admitindo-se a inserção de outros autores. É exigido que o trabalho original esteja na seção REFERÊNCIAS. Além disso, a informação de que o trabalho foi apresentado anteriormente como tese, dissertação ou trabalho de conclusão de curso é explicitada no momento da submissão do artigo à revista Vértices no campo ´Comentários para o editor (exemplo: O presente trabalho é originário da Tese de doutorado intitulada `Sobre regiões e desenvolvimento: os processos de desenvolvimento regional brasileiro no período de 1999-2010` apresentada na Universidade de São Paulo, 2015).
  • Ética na publicação – não é admitida a ocorrência de plágio ou autoplágio. A revista Vértices utiliza software antiplágio para verificação da originalidade de artigos em processo de submissão e, se necessário, nos já publicados. Em caso de plágio ou autoplágio, de artigo em submissão o mesmo é arquivado e o(s) autor(es) informados por e-mail. Em artigo já publicado, os editores decidirão sobre os procedimentos a serem tomados e o(s) autor(es) serão informados por e-mail. O conteúdo dos artigos apresentados pelo(s) autor(es) são de total e exclusiva responsabilidade do(s) mesmo(s).
  • Padronização da informação – Inclusão no topo da página inicial da logo da Editora e da Revista, tipo de artigo, ISSN, DOI (Digital Object Identifier), histórico de tramitação editorial (datas de recebimento e aprovação); nome completo do(s) autor(es), seguido da titulação máxima, filiação institucional e identificação dos autores por meio do ORCID (Open Researcher and Contributor ID); no rodapé de todas as páginas, da legenda bibliográfica resumida (nome do periódico, local, volume, número, paginação do artigo e data da publicação), e do logo da licença Creative Commons na página inicial do artigo; a partir da segunda página, no topo, aparece os nomes dos autores e o título do trabalho.
  • Multiplicidade Institucional e Autoral – Processo editorial compartilhado entre pesquisadores e docentes pertencentes a diversas instituições, evitando o periódico-proprietário, isto é, produzido majoritariamente por pessoas vinculadas a uma instituição específica. A revista Vértices publica, no máximo, dois trabalhos da mesma autoria ou coautoria por ano. Quando esse limite é excedido, o(s) trabalho(s) é(são) incluído(s) em uma das edições do ano seguinte.  
  • Conflito de Interesse – O(s) autor(es) do artigo, assim como os julgadores e editores  devem relatar qualquer conflito de interesse relacionado ao processo editorial da revista Vértices. Conflito de interesse, por parte dos autores, são situações em que estes possuem interesses – aparentes ou não – capazes de influir no processo de elaboração dos manuscritos. São conflitos de natureza diversa – pessoal, comercial, política, religiosa, profissional, intelectual, acadêmica ou financeira – a que qualquer um pode estar sujeito, razão por que os autores devem reconhecê-los e revelá-los, quando presentes, no Passo 3 (Inclusão de Metadados), durante a submissão, no campo ‘Política de conflito de interesses’. Se algum Conflito de Interesse for detectado (a priori, durante o processo de revisão externa de pares ou a posteriori à publicação) em algum texto avaliado ou aprovado, o manuscrito ficará em suspenso até que o Conflito de Interesse seja resolvido pelos editores da revista Vértices ou pela Comissão de Editores Científicos da Essentia Editora.
  • Ética na pesquisa envolvendo seres humanos - A observância dos preceitos éticos referentes à condução, bem como ao relato da pesquisa, é de inteira responsabilidade dos autores, respeitando-se as recomendações éticas contidas na Declaração de Helsinque (disponível em http://www.wma.net). Para pesquisas realizadas com seres humanos no Brasil, os autores devem observar, integralmente, as normas constantes nas Resoluções do Conselho Nacional de Saúde nº 466, de 12 de dezembro de 2012 (disponível em http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html);  e nº 510, de 7 de abril de 2016 (disponível em http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf), e em resoluções complementares, para situações especiais. Os procedimentos éticos adotados na pesquisa devem ser descritos no último parágrafo da seção de métodos. No momento da submissão do trabalho deve-se enviar cópia do Certificado de Apresentação para Apreciação Ética (CAAE), número do parecer e data da aprovação por Comitê de Ética em Pesquisa (CEP). A cópia do parecer deve ser anexada na íntegra, contendo o parecer de "Aprovado", como arquivo anexo.
  • Correção de erros e retratações - Após a publicação, os autores devem notificar os editores se algum erro for identificado, a fim de publicar uma errata, adendo ou aviso. No caso de os editores serem informados de qualquer acusação de má conduta, os mesmos tratarão as alegações adequadamente. A revista Vértices segue as diretrizes do COPE para retratar ou corrigir artigos. Os editores estão dispostos a publicar correções, esclarecimentos, retrações e desculpas quando necessário. Serão tomadas medidas pertinentes para identificar e prevenir a publicação de trabalhos com erros ou má conduta ética na pesquisa.

 

 

Julgadores ad hoc

A revista Vértices conta com uma equipe de avaliadores externos especialistas dentre os membros do Conselho Editorial Especializado ou convidados ad hoc, que avaliam o mérito dos artigos a serem publicados.

Julgadores ad hoc 2018

Julgadores ad hoc 2019

Julgadores ad hoc 2020

 

Dados estatísticos

2018

Nº de artigos avaliados: 66

Taxa de aceitação: 33%

Taxa de rejeição: 67%

Taxa de endogenia: 11%

Tempo médio de avaliação: 6 meses

Tempo médio de publicação: 9 meses e meio

2019

Nº de artigos avaliados: 87

Taxa de aceitação: 33%

Taxa de rejeição: 67%

Taxa de endogenia: 14%

Tempo médio de avaliação:  5 meses

Tempo médio de publicação:  8 meses e meio

2020

Nº de artigos avaliados: 105

Taxa de aceitação: 50%

Taxa de rejeição: 50%

Taxa de endogenia: 21%

Tempo médio de avaliação:  4 meses e meio

Tempo médio de publicação:  8 meses

 

Fluxograma de Publicação na Vértices

A publicação de artigos na revista Vértices é realizada a partir de um processo editorial que está representado neste fluxograma. (Anexo)

 

Patrocínio

A revista Vértices é mantida com verbas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Inovação (PROPEI).