Avaliação da educação: o caso do IDEB

Autores

  • Késia Silva Tosta Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), Campos dos Goytacazes/RJ
  • Marlon Gomes Ney Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), Campos dos Goytacazes/RJ

DOI:

https://doi.org/10.19180/1809-2667.v18n216-11

Palavras-chave:

Política Pública, Educação, Avaliação

Resumo

O texto discute sobre a importância da avaliação nas políticas sociais, com destaque na educação básica. Para isso, o trabalho se divide em três partes: a primeira aborda a política educacional brasileira, sua organização e legislação; a segunda é sobre a importância da avaliação de políticas sociais; e, no terceiro item, é analisado o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), que é a principal forma de avaliação da educação básica. Dessa forma, pretende-se problematizar e refletir sobre o papel das políticas de avaliação e se o IDEB vem sendo efetivo na busca da melhoria da qualidade da educação básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Késia Silva Tosta, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), Campos dos Goytacazes/RJ

Assistente Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e mestranda pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) - Campos dos Goytacazes/RJ - Brasil. E-mail: kesia-tosta@hotmail.com.

Marlon Gomes Ney, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), Campos dos Goytacazes/RJ

Doutor em Economia Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) - Campos dos Goytacazes/RJ - Brasil. E-mail: marlongomes@hotmail.com.

Downloads

Publicado

25-10-2016

Como Citar

TOSTA, K. S.; NEY, M. G. Avaliação da educação: o caso do IDEB. Revista Vértices, [S. l.], v. 18, n. 2, p. 165–178, 2016. DOI: 10.19180/1809-2667.v18n216-11. Disponível em: https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/vertices/article/view/1809-2667.v18n216-11. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos de revisão